Retratos

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Nini de Brava: Uma fazedora de Yoyo 02 Agosto 2009

Maria da Lomba Rocha, mais conhecida por D. Nini de Brava, conta com 87 anos de idade. Ela tem memória de elefante, lembra-se perfeitamente do longínquo dia 9 de Janeiro de 1964, dia em que pôs os pés pela primeira vez nos Estados Unidos da América.

Nini de Brava: Uma fazedora de Yoyo

Dona Nini vive nas terras de Obama já lá vão 45 anos. Apesar de todos esses anos longe da ilha Brava, ainda conserva intacto o seu sotaque. Sendo filha única de Nha Bibi, a mãe desde tenra idade ensinou-a a arte de fazer colcha de retalhos.

Ainda hoje, ela não esquece a sua agulha e, orgulhosamente, exibe para as visitas os “yoyo quilts” com milhares de peças confeccionadas com mestria e experiência de mais de meio século. E o resultado é simplesmente precioso, de fazer inveja a muitas jovens.

Menina bonita, de beleza estonteante, Nini fazia sensação por onde passava. De mais alguém ouvimos que D. Nini, quando jovem- ela viveu nos Mosteiros e também na cidade da Praia-, fazia deslocar muitos curiosos à Igreja do Nazareno, pessoas que queriam apreciar de perto a sua beleza. Aliás, ainda hoje, ela conserva traços dessa sua boniteza de menina da ilha Brava.

Com uma saúde de ferro (graças a Deus) e uma visão sim senhora, ela está sempre bem disposta e pronta a oferecer um "juice" a quantos a visitam em Dorchester, Boston, cidade onde reside. É, de facto, uma mulher de simplicidade e simpatia sem igual. Dona Nini também é membro fiel e dedicado da Igreja do Nazareno Nova Aliança de Brockton.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project