DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Nº 1 do golfe, Tiger Woods em "cirurgia longa" após"grave acidente" rodoviário 25 Fevereiro 2021

O carro escapou ao controlo de Woods, ultrapassou o separador e em sucessivas voltas caiu por uma ribanceira na estrada de Santa Mónica, Califórnia e deixou o multicampeão de golfe com múltiplas fraturas nas pernas e a nível dos joelhos. Os ferimentos, com alguma gravidade, obrigaram a uma intervenção cirúrgica às duas pernas. Woods estava sozinho e o acidente não envolveu mais nenhum veículo, segundo as fontes.

Nº 1 do golfe, Tiger Woods em

O "grave acidente" em que Tiger Woods ficou "seriamente ferido" ocorreu no final da tarde de terça-feira em Rancho Palos Verdes, ao sul de Santa Mónica, Califórnia. Segundo fonte policial ao Los Angeles Times, o golfista "conduzia um jeep a alta velocidade" numa estrada suburbana, a 35 km de Los Angeles, conhecida pelos "acidentes muito frequentes".

Foi hospitalizado e submetido a cirurgia no Harbor-UCLA Medical Center. O médico responsável ouvido pelo canal australiano ABC, na manhã de quarta-feira, explicou que Tiger "passou por uma longa cirurgia" e que parafusos foram "utilizados para estabilizar a tíbia e a fíbula da perna direita", bem como, "os ossos dos pés e dos tornozelos".

Formação do tigre do golfe

Woods é, aos 45 anos, uma lenda do mundo do golfe, com mais de 89 títulos em campeonatos da modalidade. Menino-prodígio do golfe, Eldrick Tont "Tiger" Woods foi iniciado na modalidade pelo pai, Earl Dennison Woods, que só aos 42 anos aprendeu a jogar golfe, como veterano da guerra do Vietname, desde 1972, e ganhou alguns títulos importantes.

Importante mesmo foi que Earl foi o primeiro professor de golfe do filho, antes mesmo dos dois anos de Tiger e orientou a sua carreira durante quase trinta anos (até 2006, ano do falecimento).

Entre os grandes momentos da extraordinária carreira de Tiger na modalidade desportiva elitista, consta o título de mais jovem campeão de golfe de sempre, aos 21 anos, em 1997. Pouco antes, ao profissionalizar-se, aos 20 anos, em agosto de 1996, Tiger tornou-se o primeiro multimilionário do golfe, orientado pelo pai e pelo advogado John Merchant, também praticante da modalidade e dirigente.

6ª cirurgia, após mais um acidente na estrada

A cirurgia desta terça-feira segue-se à de dezembro, realizada à coluna. O atleta expressou no domingo, 20, a esperança de estar recuperado em abril para poder participar no próximo Masters.

"Espero em Deus. E, claro, nos meus cirurgiões e outros médicos e fisioterapeuta", disse sobre a próxima participação no mais prestigiado campeonato de golfe que lhe deu a primeira grande vitória em abril de 2019 (foto). 2019 marcou o retorno em grande de Woods que com essa vitória, depois de vários anos sem ganhar, foi condecorado na Casa Branca.

O ex-número 1 do golfe mundial, Woods, é useiro e vezeiro em acidentes rodoviários. Em 2017, foi detido na estrada por conduzir de forma errática e testes provaram que tinha consumido Vicodin, Dilaudid, Xanax , Ambien e o ingrediente ativo da canábis, o THC. Em comunicado Tiger explicou que foram consumidos sob prescrição médica mas que os combinou "por acidente".

O mais mediático desses acidentes foi porém o de 2009, em que embateu o carro na cerca duma casa vizinha, na manhã em que a esposa, a modelo Elin Nordegren e mãe dos seus dois filhos, o expulsou de casa por traição.

A investigação ao acidente acabou por expor Tiger como ’traidor’ à imagem de exemplar chefe de família.

Seguiu-se não só o divórcio mas essa revelação foi também desastrosa para a sua carreira: Tiger, o tigre, levou quase dez anos para retornar ao nível mundial.

Fontes: Golf/Le Figaro/outra referida. Fotos (LA Times): Imagem do acidente, com o capotamento do veículo. Em 2019, Tiger Woods regressou aos títulos com a vitória no Masters de Augusta, Austrália.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project