DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

No Dia dos Direitos Humanos, Griezmann do Barcelona rompe contrato com Huawei suspeita de ajudar repressão de uigures 10 Dezembro 2020

O atacante do Barcelona e da seleção francesa Antoine Griezmann anunciou esta quinta-feira, 10 — por sinal, Dia Internacional dos Direitos Humanos —, que pôs "termo imediato à (sua) parceria" com a gigante dos telemóveis dadas "as fortes suspeitas" sobre a participação da Huawei na repressão da minoria muçulmana uigur na China.

No Dia dos Direitos Humanos, Griezmann do Barcelona rompe contrato com Huawei suspeita de ajudar repressão de uigures

O fim do contrato de publicidade assinado em 2017, pelo qual o atacante da seleção vencedora do Mundial 2018 se tornou o rosto (foto) da marca chinesa — é justificado pelo próprio.

Segundo Griezmann, a sua parceria como embaixador da marca termina devido às "suspeitas de que a empresa Huawei contribuiu para o desenvolvimento de um alerta uigur através de um logicial de reconhecimento facial", lê-se no comunicado hoje divulgado pela imprensa francesa.

’Uigures reprimidos na China’ é bandeira global

A perseguição das autoridades chinesas aos uigures, entre outras minorias, já foi reconhecida pelas Nações Unidas e tornou-se uma bandeira global, como demonstram as iniciativas de diversas organizações.

O papa Francisco menciona no seu novo livro, Ritorniamo a sognare/Voltemos a sonhar, "o sofrimento dos membros da minoria étnica chinesa de origem muçulmana uigur no extremo noroeste da China".

Entre as iniciativas de apoio aos uigures, consta ainda a mais recente atribuição do Prémio Sakharov (bienal) a Ilham Tohti, economista e intelectual chinês da minoria uigur que, detido há seis anos, foi condenado à perpetuidade em 2014 pela justiça chinesa por "separatismo".

Fontes: France Football/Le Figaro/AFP/Reuters. Relacionado: China: "A tua família está a ser reeducada"— Xi criou campos de detenção para minorias étnicas, 18.nov.019; Prémio Sakharov atribuído a economista chinês da minoria uigur preso, 25.out.019. Foto (site da Huawei): No dia comemorativo dos Direitos Humanos, o francês Antoine Griezmann, 29 anos, da seleção atual campeã do mundo, deixa de ser o rosto dos smatphones da marca Huawei.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project