NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Nobel de Literatura 2021 atribuído ao romancista Abdulrazak Gurnah 08 Outubro 2021

O tanzaniano Abdulrazak Gurnah, romancista de 75 anos, residente em Londres, é distinguido com o Prémio Nobel da Literatura, anunciou a Academia da Suécia na quinta-feira, 7. É o primeiro autor nascido na África subsaariana a ser distinguido no terceiro milénio e é o terceiro desta região nos 120 anos do prémio.

Nobel de Literatura 2021 atribuído ao romancista Abdulrazak Gurnah

O romancista, nascido em 1948 na ilha tanzaniana de Zanzibar, é reconhecido "pela sua penetração descomprometida e compassiva dos efeitos do colonialismo e do destino dos refugiados no golfo entre culturas e continentes".

A residir na Inglaterra desde "finais da década de 1960", Gurnah publicou dez romances e inúmeros contos. O tema da disrupção vivida pelos refugiados perpassa o seu trabalho.

A escolha do comité do Nobel "dum autor pouco conhecido" segundo a imprensa internacional surpreendeu o mundo das apostas mas também os estudiosos do fenómeno literário.

Nascidos em África/etnicidade

O último nobelizado de origem/etnicidade africana foi a autora afroamericana Toni Morrison (1931–2019) distinguida em 1993. O primeiro foi o nigeriano /Wole Soyinka, em 1986.

Dois anos antes, o Nobel da Literatura de 1991 foi para a sul-africana Nadine Mortimer, de origem africânder.

Fontes: Nobel.org.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project