INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Noruega: ‘Geração Utøya’ entra no governo — Ministros Tonje Brenna e Jan Christian Vestre 29 Novembro 2021

Ambos sobreviventes do massacre de Utøya, a ministra Tonje Brenna e o ministro Jan Christian Vestre, do Partido Trabalhista, são os titulares das pastas da Educação e Indústria no governo recém-empossado (2021-2025) liderado pelo primeiro-ministro Jonas Gahr Støre, do social-democrata Partido Trabalhista.

Noruega: ‘Geração Utøya’ entra no governo —  Ministros Tonje Brenna e Jan Christian Vestre

A emoção que o chefe do governo — statsminister (em tradução literal "ministro do Estado", na foto ao alto) — manifestou no ato de empossamento há um mês destes sobreviventes do massacre de Utøya explica-se pelo simbolismo da presença de Tonje e Jan Christian. Trata-se de uma dupla vitória, pessoal e política, dos dois militantes do ’social-democrata’ Partido Trabalhista que em 2011 foram alvo do atentado perpetrado pelo extremista Anders Breivik.

Ambos, segundo expressou a novel ministra Tonje, são o símbolo do "insucesso do terrorismo", que no verão de 2011 levou Breivik a cometer o “massacre de Utøya”, um atentado ’jamais esperado em solo norueguês’.

Ambos são motivo de "orgulho nacional" e "é uma honra tê-los a integrar o nosso governo", expressou emocionado o primeiro-ministro ’social-democrata’, de acordo com a terminologia utilizada no norte europeu

Jonas Gahr Støre, eleito em setembro, rematou o seu discurso confiante de que "dez anos depois, podemos dizer que a democracia ganhou".

A nova ministra da Educação referiu que o atentado de 22 de julho de 2011 — em que Anders Behring Breivik fez explodir uma bomba na sede do governo, dirigido pelos social-democratas do LP-Partido Trabalhista, depois do massacre na ilha onde estavam acampados adolescentes e jovens — "tinha o objetivo de acabar com a renovação no partido".

O novo ministro da Indústria, Jan Christian Vestre, lembrou os que não sobreviveram. "Quando saímos da audiência com o rei e nos encontrámos em frente ao castelo", sede do governo (foto), olhei para a Tonje e pensei. "Agora somos os dois, mas podia ter sido qualquer um dos outros. Muitos deles eram talentosos e foram brutalmente assassinados. Poderiam ter sido ministros, ter sucesso empresarial ou em outras áreas, formar família".

Juventude partidária

Cada formação política norueguesa tem o seu movimento de jovens do partido. Cada uma é um viveiro de talentos que funcionam como uma caixa de ideias para os partidos que os consultam, ouvem as suas críticas sempre que os mais jovens entendam que os seniores estão a desviar-se do caminho da defesa dos valores do partido ou falham as metas políticas.

Em 2011, Tonje Brenna era a secretária-geral da juventude trabalhista (AUF) e Jan Christian Vestre tinha sido nomeado para a direção, depois de presidir a Associação de Estudantes da Noruega e destacar-se como conselheiro do Storting (Parlamento).

Os dois nóveis ministros expressam o seu sonho de contribuir para "uma socidedade com direitos iguais", com "solidariedade internacional" e que "luta contra o racismo". Tudo o que Anders Behring Breivik abominava.

Primeiro-ministro bilionário

Jonas Gahr Støre (foto ao alto, à d.ta) é um multimilionário com uma fortuna de sessenta milhões de coroas (NOK 60.000.000, equivalente a 645 milhões CVE). Herdou-os do pai, falecido em 2017, que fez fortuna como armador de navios.

O salário anual do chefe do governo atinge o montante de 1.735.682 coroas (18.658.581$50).

Fontes: Norway News/BBC/Le Figaro. Fotos: A Noruega destaca-se pela posição cimeira nos principais rankings de desenvolvimento — económico, humano, social, equidade... Referendos têm ditado a sua não-integração na União Europeia. Mantém a sua moeda nacional.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project