REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Nova tradução : Três livros raros encontrados com veneno numa biblioteca na Dinamarca 17 Julho 2018

Três livros raros, que datam dos séculos XVI e XVII, foram encontrados cobertos de veneno na biblioteca de uma universidade dinamarquesa, a University of Southern Denmark.

Nova tradução : Três livros raros encontrados com veneno numa biblioteca na Dinamarca

Noticiada por "Notícias ao Minuto", a descoberta faz até lembrar o romance "O Nome da Rosa", de Umberto Eco, que conta a história de vários monges mortos pelas páginas tóxicas de um manuscrito proibido. Perante este caso, os investigadores fizeram análises raio-x aos livros, que acabaram por revelar uma grande concentração de arsénico nas capas dos livros.

Os volumes, conta a Sky News, estavam a ser estudados porque tinha sido descoberto que foram utilizados por encadernadores fragmentos de manuscritos medievais para fazer as capas.

Numa tentativa de saber que textos em latim é que tinham sido usados, os cientistas acabaram por perceber que estes eram difíceis de ler, devido a uma camada pesada de tinta verde que obscurecia as letras.

O estudo deste pigmento verde acabou por revelar que se tratava de arsénio, uma das substâncias mais tóxicas do mundo. "O momento em que pusemos os raio-x na superfície verde vimos as altas concentrações de arsénico", explicou Kaare Lund Rasmussen, uma professora da universidade, citado pelo NM.

A explicação apontada como mais provável, é que tenha sido aplicado aos livros para os proteger contra insetos ou vermes. Os três livros passaram a estar guardados com etiquetas de segurança e num armário ventilado. O plano agora é digitalizar o seu conteúdo de forma a reduzir o manuseamento.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project