ESPECIAIS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Novo Estádio 5 de julho: um investimento de mais de 200 mil contos 06 Dezembro 2022

Acelera-se os trabalhos de modernização do antigo estádio 5 de Julho, na cidade de São Filipe, cuja conclusão está prevista para setembro de 2023. Construído há cerca de meio século, o mesmo perdeu a capacidade de responder às demandas desportivas locais. Por isso, está a sofrer uma requalificação profunda, que inclui a criação de condições para receber grandes competições nacionais e internacionais no município, além de formar desportistas e dirigentes.

Novo Estádio 5 de julho: um investimento de mais de 200 mil contos

No dizer das autoridades municipais, vai conhecer uma “autêntica reconstrução” para se “transformar num moderno estádio, capaz de servir melhor os atletas em geral, os amantes do futebol, o município de São Filipe e a região Fogo - Brava”.

O objetivo principal do projecto é melhorar esta infraestrutura para a prática do futebol e, assim, contribuir para a elevação da competição desportiva e da saúde dos residentes no concelho. Visa também incentivar os munícipes para a prática do desporto através da sua massificação e promover a competitividade desportiva local.

Segundo dados do projeto, trata-se de um investimento que ultrapassa os 200 milhões de escudos, que abarca inclusive a parte financiada pela Federação Internacional de Futebol (FIFA) e pela Federação Cabo-Verdiana de Futebol (FCF). O financiamento municipal é de cerca de 184 mil contos, incluindo o IVA. Ou seja, na globalidade, o novo estádio 5 de Julho vai custar 220 mil contos.

A Federação Internacional de Futebol (FIFA) e a Federação Cabo-Verdiana de Futebol (FCF) financiaram no valor de 40 mil contos a relva, as balizas, os bancos de suplentes, bem como a colocação do quarto árbitro e poderão vir a disponibilizar mais oito mil contos para os trabalhos de drenagem de água.

A Câmara Municipal de S. Filipe, na qualidade de dona da infraestrutura, espera com a reconstrução do Estádio 5 de Julho sensibilizar os munícipes para a prática do desporto.

Entretanto, até há poucos dias, as obras estavam a decorrer num ritmo pouco desejável. Por isso, a edilidade sanfilipense, depois de ter se reunido com o empreiteiro para a correção de erros e omissões, garante que chegou a um entendimento, “visando a intensificação dos trabalhos”.

A correção dos erros e omissões representa mais trabalho e, consequentemente, o alargamento do prazo de conclusão em mais quatro meses, daí que as partes, o dono da obra e o empreiteiro fixaram o mês de setembro de 2023 como a data limite para o fim dos trabalhos.

Mas os trabalhos não se resumem à modernização do estádio, incluem também a requalificação de toda a zona circundante, nomeadamente Pé de Campo, parte de Santa Filomena, Ponta Controlo e Cobom, com a criação de uma zona pedonal, lojas e outros serviços, tudo isto para transformar e dinamizar os bairros referidos.

Se tudo correr como está planeado, o novo estádio 5 de Julho ficará pronto no decurso do ano de 2023. A sua capacidade será duplicada, passando de 700 para 1.500 lugares. Além de bancadas, a infraestrutura terá balneário para as equipas desportivas e de arbitragem, bem como espaços comerciais, sala de controlo e sala de conferência de imprensa e ainda um cinema, uma sala multiuso, um espaço para a Associação Regional de Futebol, um posto médico e uma sala de fisioterapia.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project