OPINIÃO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

O Coronavírus no Mundo: As causas e as Consequências 19 Abril 2020

Alguns pesquisadores e cientistas têm dito que o coronavírus orginou-se no animal pangolim na provincia de Hubei na China que é consumida por pessoas daquela província. Mas, será que isso é a verdade? E se o vírus foi propositadamente criado nos laboratórios algures com a finalidade de destruir vidas humanas e as economias mundiais? Uma coisa é certa: muitas vidas humanas e economias mundiais já foram destruídas e as consequências das mesmas podem nunca ser recuperadas.

Por: António Vieira *

O Coronavírus no Mundo: As causas e as Consequências

De acordo com a agência australiana Comité Internacional de Taxonomia de Vírus, os coronavírus são um grupo de vírus de genoma de RNA simples de sentido positivo (serve diretamente para a síntese proteica), conhecidos desde meados dos anos 1960. Pertencem à subfamília taxonómica Orthocoronavirinae da família Coronaviridae, da ordem Nidovirales.

Até agora, mais de 2 milhões de pessoas já foram infetadas e os mortos causados pelo mesmo ultrapassam 150 mil no mundo inteiro. Os Estados Unidos é o país com o maior número de infetados e mortos com 710,272 infetados e 37,175 óbitos. No nosso país o número de infetados ascende a 56 e, um óbito já resultou dessa tragédia virótica.

Alguns pesquisadores e cientistas têm dito que o coronavírus orginou-se no animal pangolim na provincia de Hubei na China que é consumida por pessoas daquela província. Mas, será que isso é a verdade? E se o vírus foi propositadamente criado nos laboratórios algures com a finalidade de destruir vidas humanas e as economias mundiais? Uma coisa é certa: muitas vidas humanas e economias mundiais já foram destruídas e as consequências das mesmas podem nunca ser recuperadas.

Muitas empresas dos diversos ramos podem nunca recuperar pós-covid 19. Igualmente, muitas famílias, cujas perdas dos seus entes queridos traduzem-se em tragédias, podem nunca regressar ao normal psicologico e financeiro. Não sou religioso, mais eu fortemente acredito no Karma. Em outras palavras, nós individualmente somos gratificados, como também somos punidos de acordo com o nosso comportamento. Na realidade, cada um de nós usufrui da inteligência emocional, cuja importância na sociedade de hoje certamente ultrapassa a da nossa capacidade cognitiva.

Igualmente, acredito que o mundo pós-covid 19 será muito melhor porque nós humanos somos mais humildes quando sobrevivermos tragédias. Em suma, o coronavírus certamente vai continuar a infetar e ceifar vidas por vários meses no mundo inteiro. Por outro lado, as infeções e mortes vão gradualmente diminuir porque o distanciamento social e proteção individual e coletiva não só e obrigatória, mas também pode ser a melhor maneira de combater o grande coronavírus.
...
*Professor e investigador

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project