ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

João Serra diz que não vai renovar mandato de governador do Banco de Cabo Verde 20 Maio 2019

O governador do Banco de Cabo Verde está praticamente de saída da instituição. É que João Serra, revelou hoje, na Praia, que não vai continuar à frente do BCV, mas avisa que, até o final do mandato, que termina em Dezembro, vai assumir as suas responsabilidades na “plenitude”.

João Serra diz que não vai renovar mandato de governador do Banco de Cabo Verde

“Não vou continuar a frente do Banco de Cabo Verde (BVC), fui lá para fazer um mandato (…) de modo que estou de saída, mas, até lá, contínuo sendo governador, assumindo na plenitude as minhas responsabilidades e continuando a dar o meu contributo para a afirmação do banco central”, disse, segundo a Inforpress, João Serra, à saída de um encontro com o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca.

O ainda Governador do banco central garantiu, no entanto, que sempre teve uma “boa relação” com o Governo e com o ministro das Finanças, Olavo Correia, que foi seu “colega de universidade” e lembrou que desde início prometeu que seria somente para um mandato.

“Não há ainda nenhuma conversa, mas o que eu posso avançar é que estou lá para um mandado”, sublinhou, garantindo, que vai deixar o BCV mais independente e a cumprir as suas atribuições.

João Serra substituiu Carlos Burgo à frente do BCV, que terminou o mandato em Agosto de 2014, e foi empossado no cargo a 29 de Dezembro do mesmo ano. Serra foi ex-ministro das Finanças no Governo de José Maria Neves.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project