MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

O que faz um pai ao encontrar parente a exibir-se nu aos filhos pequenos? 08 Janeiro 2020

O exibicionista, homem de 60 anos de idade, foi detido depois de ter sido violentamente agredido pelo pai de duas crianças, de dois e três anos, que o flagrou "nu da cintura para baixo" no quarto das crianças. O suspeito tinha sido convidado para passar a quadra festiva na residência de familiares.

O que faz um pai ao encontrar parente a exibir-se nu aos filhos pequenos?

Convidado para passar a quadra Natal-Ano Novo com familiares na Virginia, Mark Stanley no dia 29 estragou a paz familiar. Acabou espancado e preso sob suspeita de crimes sexuais, vitimando as duas crianças mais pequenas na residência dos seus familiares.

O pai das crianças, que preferiu não ser identificado, decidiu ir ao quarto ver se estavam a dormir e encontrou o suspeito "nu da cintura para baixo".

De acordo com o comunicado da polícia de Spotsylvania, o pai perguntou ao familiar o que ele estava ali a fazer nu, com as duas crianças de 2 e 3 anos de idade, e o suspeito empurrou-o para fora do quatro, trancando a porta.

"O pai das crianças forçou a entrada no quarto e começou a agredir o senhor Stanley", acrescenta o comunicado, citado pela Newsbreak.

Quando a polícia chegou ao local, encontraram o pai das duas crianças a apontar uma arma ao suspeito, que já tinha "ferimentos graves na cara".

Mark Stanley foi detido sem direito a fiança, acusado de dois crimes de indecência e de um crime de agressão visando vítimas de tenra idade.

O suspeito, que viajou os mais de quatrocentos quilómetros entre a terra donde é natural, na Carolina do Norte e a casa dos familiares na Virgínia, poderá vir a ser acusado de outros crimes depois de terminada a investigação ao caso.

As crianças foram levadas ao hospital para avaliação, mas estão bem. O pai não foi acusado de qualquer crime.

É provável termos salvado a vida ao agressor sexual


A capitã Liz Scott, da esquadra central do condado de Spotsylvania, a uns sessenta quilómetros da capital dos Estados Unidos, disse ao jornal local, o The Free Lance-Star, que ao chegarem à casa os agentes encontraram no quintal o pai das crianças a apontar uma pistola ao alegado agressor sexual, após o ter espancado.

"Acredito que salvámos a vida ao agressor sexual", rematou a capitã Scott. Fontes: Referidas

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project