ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

OMS precisa de cerca de 30 mil milhões de euros para combater a Covid-19 11 Setembro 2020

A Organização Mundial da Saúde (OMS) precisa de 35 mil milhões de dólares (29.300 milhões de euros) para os seus programas de desenvolvimento e distribuição de vacinas, tratamentos e diagnósticos contra da Ccovid-19, alertou esta quinta-feira, 10, o Secretário-geral da ONU, António Guterres.

OMS precisa de cerca de 30 mil milhões de euros para combater a Covid-19

Conforme adiantou o Secretário-geral da ONU, António Guterres, a OMS só conseguiu arrecadar em quatro meses três mil milhões de dólares (2.500 milhões de euros), mas precisa de 35 mil milhões de dólares (29.300 milhões de euros) para os seus programas de desenvolvimento e distribuição de vacinas, tratamentos e diagnósticos contra da Covid-19.

Segundo a Lusa, Guterres adianta que, pelo menos, 15 mil milhões de dólares (12.660 milhões de euros) devem ser arrecadados nos próximos três meses “para não perder a janela de oportunidade e potenciar o uso das novas vacinas contra a Covid-19 que tiverem sucesso”.

Para este responsável da ONU, a pandemia é a principal ameaça atual à segurança global, e que ainda não é tarde para a comunidade internacional unir forças para acelerar a investigação de vacinas, testes e tratamentos contra o novo coronavírus nos próximos 12 meses.

"Vamos ser claros: não existe uma panaceia para esta pandemia, não conseguiremos resolver esta crise a curto prazo, mas a vacina deve ser um bem de saúde pública acessível a todos porque a Covid-19 não respeita fronteiras", afirma o Secretário-geral das Nações Unidas, citado pela Lusa.

Por sua vez, a presidente da Comissão Europeia, Tedros advertiu que certos nacionalismos podem comprometer os avanços alcançados e dificultar o fim desta pandemia, pelo que reiterou o apelo à unidade à escala global para aumentar a capacidade geral de investigação de vacinas, tratamentos e diagnósticos para que isso salva vidas.

Conforme escreve a mesma agência de notícias, a presidente da Comissão Europeia acrescentou que 95% da população mundial continua em risco de pandemia e que os países em desenvolvimento são especialmente vulneráveis".

De salientar que a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 904 mil mortos e quase 28 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project