OPINIÃO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

OS SERVIÇOS PÚBLICOS PRECISAM DE BONS LÍDERES 08 Julho 2021

Existem pessoas que têm o dom de influenciar outras, característica que pode ser percebida logo na infância. Um bom líder é aquele capaz de extrair o melhor de cada pessoa, é uma pessoa íntegra, entusiasmada e que sabe, ao mesmo tempo, demonstrar firmeza e motivar os colegas. Outras importantes qualidades de um líder são: iniciativa, flexibilidade, responsabilidade, determinação, garra, dinamismo, zelo e serenidade.

Por: Adrião Simões Ferreira da Cunha*

OS SERVIÇOS PÚBLICOS PRECISAM DE BONS LÍDERES

O líder é uma pessoa muito importante nas organizações, pela sua capacidade de gerir e orientar toda a equipa, sendo apto a resolver problemas, motivar a equipa e trabalhar com ela em prol do crescimento e desenvolvimento. Mas afinal, o que é ser um líder? Como identificar um líder?

Existem pessoas que têm o dom de influenciar outras, característica que pode ser percebida logo na infância. Um bom líder é aquele capaz de extrair o melhor de cada pessoa, é uma pessoa íntegra, entusiasmada e que sabe, ao mesmo tempo, demonstrar firmeza e motivar os colegas. Outras importantes qualidades de um líder são: iniciativa, flexibilidade, responsabilidade, determinação, garra, dinamismo, zelo e serenidade.

Um líder também precisa de ter habilidade para saber qual o momento certo para seguir a razão ou a emoção, ser capaz de se adaptar às mudanças constantes e disposição para defender as suas convicções, tudo isso sem desprezar o ponto de vista das outras pessoas. Além disso, o líder não pode ter medo de se expor, deve ter iniciativa, ser um bom comunicador, possuir um forte senso de justiça, estar sempre pronto para ajudar e à disposição para ouvir o que os outros têm a dizer.
Quem pode ser um líder? Ser líder não é uma tarefa fácil, assim como desenvolver todas as qualidades necessárias para assumir essa posição. O mais importante é tentar buscar o máximo possível das virtudes de um líder, procurando sempre ser uma pessoa melhor.

Eis algumas competências e atitudes que é preciso desenvolver para potenciar a liderança:

Ser exemplo: Esse é, sem dúvida, um dos principais segredos de um líder bem-sucedido: ser um modelo a ser seguido pela equipa. O exemplo vem desde as suas palavras e orientações, e especialmente, por meio das ações. Se as atitudes do líder forem inspiradoras, a equipa seguirá o seu exemplo e desenvolverá o mesmo comportamento. Ter presente que é necessário conquistar pelo exemplo e não pela imposição.

Dar informações de retorno: Um bom líder sabe valorizar a sua equipa e promover o autodesenvolvimento constantemente. Utilize a técnica da informação de retorno construtiva para avaliar o desempenho dos seus colaboradores. Elogie sempre que for preciso e, na hora de chamar a atenção, utiliza a informação de retorno de melhoria, ressaltando cuidadosamente os pontos que precisam ser melhorados.

Respeitar os liderados
: Esse princípio vale para qualquer ser humano, seja líder ou não. Nos momentos de conflito ou divergência, não desrespeita e nem humilha os seus colaboradores, lembrando-se que eles são parte fundamental da organização e merecem todo respeito.

Transmitir confiança para a equipa: Um dos principais pilares que compõe um líder de sucesso é a relação de confiança que ele tem com a sua equipa. É fundamental confiar no trabalho dos seus liderados, propiciar a liberdade e autonomia para que desenvolvam as suas atividades com excelência. Essa confiança também se aplica no âmbito da moral e ética. A equipa precisa de confiar no seu líder para se sentir confortável o suficiente para se expressar e contribuir com novas ideias, sem o receio de que não receberão os devidos créditos ou que se serão limitados por medo do líder em perder espaço. Existe uma percepção errónea de alguns profissionais a respeito da competitividade no ambiente organizacional, acreditam que para conquistarem crescimento dentro da organização é preciso tomar medidas medíocres e desonestas. A verdade é que quanto mais talentos de alto desempenho a organização possui, mais potenciado será o seu sucesso e, quanto mais os seus resultados se maximizam, maior o número de novas oportunidades internas. Existe espaço para todos!

Comunicar as expectativas: Deixa a sua equipa por dentro dos projetos que estão em andamento e os devidos resultados esperados. Compartilhar essas informações estimula a conscientização dos seus liderados sobre a finalidade das suas atividades e como eles estão contribuindo para o alcance dos objetivos.

Desafiar a equipa a pensar: Envolver a sua equipa nas tomadas de decisões estratégicas, estimulando-os a pensar de maneira crítica, a desenvolver visão sistémica para propor soluções efetivas. A equipa sentirá que realmente possui valor para a organização de que faz parte. Sentir-se pertencido é uma das necessidades básicas do ser humano, que aplicado no meio corporativo, se reflete diretamente na motivação, produtividade e comprometimento dos colaboradores.

Recompensar o bom desempenho: Ser reconhecido também está presente entre os fatores essenciais para suprir as necessidades básicas de qualquer indivíduo. Uma liderança de alto desempenho reconhece portanto os talentos da sua equipa. Campanhas de incentivo, premiações e confraternizações mensais são algumas das estratégias mais utilizadas para engajar a equipa.

Promover um ambiente positivo: Atentar em deixar o clima organizacional sempre favorável para o bem-estar de todos, pois o ambiente influencia a qualidade emocional dos colaboradores, aumentando o nível de satisfação com a organização.

Saber os talentos que cada liderado possui: É crucial que o líder conheça muito bem com quem trabalha, identificando os talentos de cada liderado, a fim de que possa desfrutar das potencialidades que cada um possui e promover o desenvolvimento das oportunidades de melhoria. Acima de tudo, delegue-lhes tarefas compatíveis com as suas competências e habilidades. Deste modo, o colaborador fará o seu trabalho com maior domínio e produzirá melhores resultados.

Ser bom professor e orientador
: Um gestor de sucesso é aquele que não tem medo de formar novos líderes. Desenvolve na sua equipa as competências necessárias que todo o líder deve ter. Sabe ensiná-los e orientá-los. Pensa a logo prazo, pois compreende que quando houver uma promoção, transferência de localidade, ou mesmo uma boa oportunidade numa outra organização, a sua equipa estará preparada para assumir novos desafios. É um ato de contribuição significativa para o desenvolvimento dos seus liderados. Ao ajudar um profissional a ser o melhor que ele pode ser, está automaticamente ajudando-o a concretizar os seus objectivos e sonhos. Isso é trabalho com propósito!

Investir na sua equipa: Um líder bem-sucedido é o que sabe valorizar o potencial de cada integrante da sua equipa. Isso porque o líder nunca trabalha sozinho, o seu sucesso também é o sucesso dos seus colaboradores. Por isso, investe na sua equipa, valorizando os seus talentos e procura sempre novas maneiras de desenvolvê-los.

Ter empatia: Um bom líder, antes de ser um gestor, precisa de ser uma pessoa que leva a sério os valores humanos. As pessoas são diferentes e têm problemas, então cabe ao líder colocar-se no lugar delas e, além de ouvir os seus problemas, procurar ajuda-las na resolução dos mesmos.

Trabalhar com a equipa: É importante que, além de orientar a realização das tarefas, o líder esteja fazendo-as junto com os seus liderados. Dessa maneira, ele mostra que está junto com a sua equipa por inteiro, e não é apenas uma pessoa que manda e desmanda.

Lisboa, 7 de Julho de 2821
— -
*Estaticista Oficial Aposentado - Antigo Vice-Presidente do Instituto Nacional de Estatística de Portugal

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project