NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Obras da reabilitação da Igreja de Santa Catarina de Santiago na reta final 14 Junho 2021

Erguida no século XIX, a primeira igreja da paróquia do concelho de Santa Catarina de Santiago, passa por intervenções que deram início em fevereiro de 2020 e que estão na reta final. Conforme o Instituto do Património Cultural (IPC), as obras incluem uma recuperação estrutural do edifício com soluções construtivas que visam a durabilidade dos materiais e que permita o funcionamento e manutenção das instalações a um custo reduzido.

Obras da reabilitação da Igreja de Santa Catarina de Santiago na reta final

Segundo o IPC, Enquadrada no Eixo IV, Reabilitação do Património Histórico, Cultural e Religioso, o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, responsável pela sua execução através do Instituto do Património Cultural, desenhou um projeto que configura na valorização arquitetónica, histórica e patrimonial da igreja.

As intervenções incluem substituição da cobertura, em telha de marselha, do piso, da eletricidade e rede de esgotos, pela recuperação das fachadas exteriores com tratamento e pintura dos rebocos e cantarias, pela substituição das carpintarias (portas e janelas) e pela ornamentação exterior, tornando-a mais funcional, moderna e ampla, melhorando a acústica e o conforto do espaço.

O IPC diz tratar-se de um projeto que foi arquitetado de forma minuciosa, que garante a estabilidade do edificado no presente, assumindo também a sua segurança no futuro, atribuindo uma maior comodidade aos fiéis que celebram a missa da Santa padroeira a 25 de novembro.

A Igreja de Santa Catarina foi um dos edifícios históricos/religiosos comtemplados pelo Programa de Reabilitação, Requalificação e Acessibilidade (PRRA), financiado pelo governo de Cabo Verde.

AC/Redação

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project