AUTÁRQUICAS 2020

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

PAICV capacita seus eleitos para boa governação e fiscalização 08 Novembro 2020

Os eleitos municipais do PAICV nas eleições autárquicas de 25 de Outubro estão reunidos numa sessão de formação, que visa munir-lhes de conhecimentos para melhor governarem lá onde é poder, e melhor fiscalizarem onde é oposição.

PAICV capacita seus eleitos para boa governação e fiscalização

A formação tem a duração de dois dias, durante a qual os presidentes das câmaras, vereadores e eleitos que vão compor a bancada municipal vão ter a oportunidade de conhecer conceitos, legislação e desafios da administração autárquica por forma a dominarem os aspectos essenciais para melhor desempenharem as suas missões.

Para a presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), Janira Hopffer Almada, esta é também uma forma de contribuir para o desenvolvimento do poder local em Cabo Verde, dentro do quadro da boa governação que o partido tem defendido.

“O PAICV está aqui a dar a sua contribuição na medida em que está a preparar os seus eleitos municipais para lá onde formos poder desempenharmos bem a nossa missão, cumprindo a nossa função na linha da boa governação local que nós temos defendido, mas também lá onde formos oposição podermos fazer a fiscalização numa perspectiva construtiva de contribuir para melhorar o poder local”, explicou.

A líder do PAICV deixou uma mensagem no sentido de os eleitos trabalharem com humildade e, sobretudo, com transparência, garantindo uma boa gestão da coisa pública.

“Nós entendemos que o país não tem muitos recursos e quando não se tem muitos recursos os recursos disponíveis têm de ser muito bem geridos para que de facto possam responder às necessidades. Nós entendemos, claramente, que temos de ter respeito pela escassez de recursos que o país tem e temos de ter respeito pelas dificuldades que os cabo-verdianos estão a passar neste momento, em particular”, sustentou.

O regime geral das autarquias locais, a organização política e administrativa do poder local em Cabo Verde, o financiamento, a cooperação internacional descentralizada e as parcerias público-privadas, a boa gestão municipal, a participação dos munícipes e os desafios e perspectivas para o poder local em Cabo Verde são os temas que vão ministrados durante a formação.

“São temáticas que, ao fim ao cabo, o PAICV sempre tem abordado, mas que é sempre possível ir municiando para que de facto possam implementar na prática aquilo que nós temos defendido antes com duas câmaras e agora com oito câmaras e juntos das nossas bancadas municipais”, disse.

A formação, que acontece com participação presencial e através de videoconferência, tem como formadores o vice-presidente do partido e deputado, João Baptista Pereira, e o ex-secretário de Estado e professor Romeu Modesto.

Nas eleições autárquicas de 25 de Outubro o PAICV conquistou oito das 22 câmaras municipais designadamente Praia, Ribeira Grande de Santiago, São Domingos, Santa Cruz e Tarrafal na ilha de Santiago, São Filipe e Mosteiros, na ilha do Fogo e Boa Vista e conseguiu participação, com eleição de vereadores nas câmaras de São Vicente e Santa Catarina. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project