POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

PAICV convoca mais de 35 mil membros para as diretas deste domingo: Rui Semedo é o candidato único à liderança 19 Dezembro 2021

O presidente interino Rui Semedo é o candidato único à liderança do PAICV (oposição) nas eleições diretas deste domingo, que contam com cerca de 36 mil militantes inscritos nos cadernos eleitorais. Semedo deve substituir Janira Hopffer Almada que se demitiu do cargo depois de ter saído vencida nas legislativas deste ano.

PAICV convoca mais de 35 mil membros para as diretas deste domingo: Rui Semedo é o candidato único à liderança

Segundo o gabinete de comunicação e imagem, o concorrente Rui Semedo exercerá o seu direito de voto às 11 horas deste domingo, no Centro Comunitário do bairro do Pensamento, arredores da Capital.

A mesma fonte revela que as votações terão início às 9 goras e as mesas serão encerradas às 17 horas em todo o território nacional e na diáspora.

Para as directas de domingo, estão inscritos, nos cadernos eleitorais, 35.627 militantes (País e Diáspora) e o processo é conduzido pela Conselho Nacional de Jurisdição e Fiscalização. O pronunciamento sobre os resultados eleitorais está agendado para as 19 horas, na Sede Nacional do PAICV, na Praia.

Desafios a vencer e oposição credível

Conforme o post publicado na página oficial do partido no Facebook, para o pleito eleitoral deste domingo, que conta com a adesão de um projecto único, encabeçado por Rui Semedo, espera-se uma participação ampla e efectiva dos militantes, em todas as regiões políticas. Isto de modo a que os resultados aferidos sejam capazes de espelhar o propósito de continuar a garantir um PAICV estável no seu funcionamento, convergente, em torno das propostas de ação política, congregador e mobilizador de vontades na luta pela imposição de sentido político.

«Outrossim, um Partido, ciente do seu invejável percurso histórico, preparado para o presente e capaz de, a todo momento, apresentar propostas e projectos estruturantes para levar de vencida os desafios fundamentais do país, nos próximos tempos. Desde logo, desafios inerentes à estabilização sanitária, à questão da crise económica e social, à retoma da economia, de combate ao desemprego e à exclusão social», anunciou.

Desafios que, pelas suas amplitudes e complexidade, conclamam, segundo candidatura de Rui Semedo, «uma Oposição credível, confiável, que fiscaliza e controla e que, ao mesmo tempo, prioriza causas essenciais, tais como as da transparência, da prestação de contas, das mudanças climáticas e da preservação do meio ambiente, da redução das desigualdades e morosidade da Justiça».

Rui Semedo deverá substituir Janira Hopffer Almada que se demitiu do cargo depois de ter saído vencida nas legislativas deste ano.

O processo culminará com o Congresso Ordinário do PAICV, que decorrerá de 28 a 30 de Janeiro do próximo ano., na Praia. Além da eleger os demais órgãos nacionais (Conselho Nacional, Comissão Nacional de Jurisdição e Fiscalização), a magna assembleia deverá discutir e provar a moção da estratégia do PAICV para os próximos três anos, rever alguns aspetos dos estatutos da organização e aprovar o relatório de actividades e contas da direção cessante do partido.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project