ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Emigração: PAICV exige que Governo solucione problemas decorrentes do novo sistema de despacho de pequenas encomendas 09 Novembro 2022

O Deputado do PAICV eleito pelo Círculo das Américas exigiu do Governo, em conferência de imprensa realizada na Praia, soluções relativas ao novo sistema de despacho de pequenas encomendas implementadas junto das alfândegas. Alberto Alves contesta que, nos últimos dias, este sistema foi alvo de severas críticas dos utentes, no País e na Diáspora, que insurgiram na rádio, na televisão e sobretudo nas redes sociais, denunciando a burocracia e o atraso no levantamento das suas encomendas, reclamando dos custos exagerados no desalfandegamento e acusando o Governo de descaso, de irresponsabilidade, de desrespeito e de insensibilidade para com a canseira e o sofrimento dos emigrantes.

Emigração: PAICV exige que Governo solucione problemas decorrentes do novo sistema de despacho de pequenas encomendas

“Por se tratar de uma questão pertinente e muito sensível que afeta os emigrantes eprejudica todos os cabo-verdianos, de Santo Antão à Brava, apelamos ao Governo no sentido de repor a normalidade, voltando, a ser necessário, as práticas anteriores com evidentes provas de eficiência e eficácia em muitos aspetos”, exprimiu o parlamentar do maior partido da oposição.

Alberto Alves apelou ao Governo no sentido « de assumir plenamente as suas responsabilidades e de não lavar as mãos, em jeito de Pôncio Pilatos, retribuindo, deste modo, sossego e tranquilidade a todos os cabo-verdianos no País e na Diáspora», perante este cenário que considerou ter gerado muito descontentamento, muita indignação e insatisfação.

“Há centenas de anos que emigrantes cabo-verdianos, radicados em vários pontos do mundo, vêm trabalhando com suor e canseira, no frio e no calor, e em horários duplicados de trabalho, para sustentar a família nos países de acolhimento e simultaneamente para ajudar outros familiares, parentes, amigos e vizinhos, em Cabo Verde”, enfatizou o deputado do maior partido da oposição cabo-verdiana.

Conforme explicou Alberto Alves, muitos desses apoios são enviados em formas de remessas através de pequenas encomendas (bidões, malas, caixas, peças de vestuário e outros), prestando assim o seu contributo, inestimável, para a melhoria das condições de vida do nosso povo e para o desenvolvimento sustentável do nosso país.

A título ilustrativo, convém mencionar que só em 2021, a ’Atlantic Shiping’, uma das companhias que lida, há mais de 27 anos, com a problemática de transportes de cargas e encomendas, trouxe por via marítima, dos EUA para Cabo Verde, um valor estimado em mais de 24 milhões de dólares em pequenas encomendas”, ressaltou o deputado pelo círuculo eleitoral das Américas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project