POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Oposiçao quer a “regularização da situação dos cabo-verdianos que estejam em situação irregular em Portugal” 10 Junho 2018

A Presidente do PAICV, Janira Hoppfer Almada, quer ver regularizado a situação dos cabo-verdianos que estejam em situação irregular em Portugal. Janira reconhece que o maior problema de muitos cabo-verdianos na Diáspora, em geral e em Portugal, em especial, continua a ser a sua situação irregular, no País que escolheram para viver, em busca de uma vida melhor, para si e para os seus. Por isso, defende que “é uma reivindicação legítima e é uma decisão justa”. Esta afirmação foi feita na sua pagina de Facebook.

Oposiçao quer a “regularização da situação dos cabo-verdianos que estejam em situação irregular em Portugal”

“Ontem, estive com os cabo-verdianos, em Lisboa, auscultando as suas preocupações e constatando, in loco, as suas expectaivas legítimas por uma vida melhor. Visitei Oeiras e, na Linha de Sintra, fiz contactos, ouvi preocupações e conheci muitas histórias de vida”, escreve a líder do maior partido da oposição.

Segundo diz a mesma, “o maior problema de muitos cabo-verdianos na Diáspora, em geral, e aqui em Portugal, em especial, continua a ser a sua situação irregular, no País que escolheram para viver, em busca de uma vida melhor, para si e para os seus”.

A Líder da Oposição fez questão de referir que “é preciso, portanto, que todos nós que queremos o melhor para o nosso Povo, onde quer que esteja, juntemos as nossas vozes e complementemos os nossos esforços, para trabalhar em prol da regularização da situação dos cabo-verdianos na Diáspora, nos diversos países de acolhimento”.

A presidente do Partido Estrela Negra, disse ainda que de há um ano a esta parte, e em todos os encontros que tem tido com as Autoridades Portuguesas - e, particularmente, com o Grupo Parlamentar do Partido Socialista (PS) – fez questão de colocar na ordem dia esta situação como prioridade.

“Agora, nesta minha Missão a Portugal, reiterei esta solicitação: Queremos a regularização da situação dos cabo-verdianos que estejam em situação irregular”, reafirma.

Defende que não só pelo contributo que têm prestado e pelos sacrifícios que fazem, mas também pelas oportunidades que perdem (e que não perderiam se estivessem com a sua situação de residência regularizada). “É uma reivindicação legítima e é uma decisão justa”, conclui Janira Hopffer Almada.

Nicolau Centeio

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project