ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

PCA do Hospital Agostinho Neto ameaça processar Partido Popular por “calúnia e irresponsabilidade” 24 Dezembro 2019

O presidente do conselho de administração do Hospital Agostinho Neto (HAN), Júlio Andrade, disse, esta segunda-feira,23, que vai processar o presidente do Partido Popular (PP) por “calúnia e irresponsabilidade”.

PCA do Hospital  Agostinho Neto ameaça processar Partido Popular por “calúnia e irresponsabilidade”

Júlio Andrade, que falava em declarações à Inforpress, sobre a denúncia feita pelo PP face a relatos de casos de envolvimento sexual entre doentes mentais no Hospital Psiquiátrico da Trindade e que grande parte deles é portador do Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH), afirmou que tal acusação é de “tamanha irresponsabilidade” de Amândio Barbosa Vicente e da “pessoa que o está a manipular”.

“A informação é totalmente falsa, não faz sentido, pois, o Hospital de Trindade tem oito vigilantes, enfermeiros e ajudante de serviços gerais permanente, pelo que é difícil que aconteça situações dessas e ninguém saiba nada”, acrescentou.

Segundo Júlio Andrade citado pela Inforpress, o Hospital não conhece o estatuto imunológico dos doentes mentais, pelo que considera tal afirmação proferida por parte do PP de uma “gravidade extrema”, visto não existir nenhum estudo que confirme a denúncia quanto aos doentes portadores de HIV.

Para o presidente do conselho de administração do Hospital Agostinho Neto, mesmo que fosse verdade que os doentes que estão internados no serviço da psiquiatria da Trindade fossem portadores de HIV, revelar a sua situação imunológica é “grave”.

Face a essa acusação, o PCA do Hospital da Praia adiantou que vai ser apurada a verdade sobre quem está a informar tais “monstruosidade” ao PP e depois vai apresentar uma queixa na Procuradoria Geral da República.

No que se refere ao despedimento de 23 trabalhadores do estabelecimento hospitalar, aquele responsável esclareceu que não houve demissão, mas caducidade do contrato com pessoas que entraram para substituir algum trabalhador em falta pontual.

Neste momento, informou Júlio Andrade, o Hospital da Praia está num processo de concurso para criação de quadro do estabelecimento hospitalar, conclui a Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project