SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

PJ detém cinco indivíduos suspeitos da morte de Luís Giovanni 18 Janeiro 2020

A Polícia Judiciária de Portugal comunicou que já foram detidos cinco pessoas suspeitas de estarem envolvidos na morte de Luís Giovanni, estudante, cabo-verdiano, espancado, alegadamente por um grupo de 15 indivíduos, à saída de uma discoteca em Bragança.

PJ detém cinco indivíduos suspeitos da morte de Luís Giovanni

A Polícia Judiciária, na sequência de uma acção operacional que envolveu investigadores e peritos da PJ, procedeu na quinta-feira à detenção destes cinco homens, com idades compreendidas entre os 22 e os 35 anos. “Na sequência de buscas domiciliárias, inquirições e interrogatórios de várias pessoas suspeitas de estarem envolvidas nos acontecimentos, foram ainda apreendidos elementos probatórios relevantes”, anunciou a PJ, em comunicado citado pelo Jornal Publico.
Os suspeitos vão ser presentes às autoridades judiciárias competentes, para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

O corpo de Luís Giovani Rodrigues, jovem de 21 anos, natural dos Mosteiros, ilha do Fogo, que morreu no dia 31 de Dezembro de 2019 no Hospital de Santo António em Portugal, por ter sido brutalmente espancado, chegou na segunda-feira à ilha do Fogo e as cerimónias fúnebres estão agendadas para sábado,18.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project