SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

PJ refuta acusações de descaso relativamente ao desaparecimento do jovem Ismael Silva 18 Setembro 2021

A Polícia Judiciária (PJ) refutou, hoje, as acusações do pai do jovem Ismael Silva, dado como desaparecido, afirmando que em “nenhum momento se verificou descaso das autoridades” mormente por parte da polícia científica.

PJ refuta acusações de descaso relativamente ao desaparecimento do jovem Ismael Silva

“A Polícia Judiciária em nenhum momento recebeu queixa oficial relativamente ao desaparecimento do jovem Ismael Silva, de 18 anos, residente em Achada Grande Frente, na Cidade da Praia”, lê-se na nota enviada à Inforpress.

Segundo a mesma fonte, após uma semana da ocorrência, a PJ recebeu um contacto do pai do jovem, informando que o filho se encontrava desaparecido.

“Esta polícia [PJ], de imediato, realizou diligências de averiguação, no sentido de o localizar, uma vez que não havia matéria para crime, ainda que sem queixa formal”, diz a nota, referindo a Ismael Silva.

O chefe da Secção de Investigação de Crimes Contra Pessoas (SICCP), confirma ter recebido Fredy Gomes, pai de Ismael Silva, que informou que o filho, que sofre de perturbações mentais, vinha sendo identificado em diversos locais da Cidade da Praia, mas que este, apercebendo-se de que o pai se aproximava, punha-se em fuga.

De acordo com a nota, esta informação viria a ser comprovada, porquanto durante um contacto presencial com o chefe da SICCP da PJ, o pai recebeu uma chamada informando que o jovem se encontrava em determinado sítio na localidade de Achada Grande Frente e os agentes da PJ acompanharam-no ao local, mas que, “apercebendo-se da presença destes, o jovem, uma vez mais, colocou-se em fuga para não ser encontrado”.

“O pai Fredy Gomes, que é emigrante nos EUA, informou à PJ que veio a Cabo Verde, com o objectivo de levar o filho consigo para os EUA, mas que, por as entrevistas na embaixada dos EUA encontrarem-se suspensas, em virtude da pandemia da covid-19, decidiu voltar a internar o filho no Hospital da Trindade, o que terá motivado a fuga deste, ocorrida poucos dias depois da chegada do pai à Cidade da Praia”, esclarece a polícia judiciária.

A PJ afirma serem “falsas” as declarações de Fredy Gomes, segundo as quais o pessoal da PJ sempre que é contactado se mostra “ocupado e não atende”.

“O pai foi atendido pessoalmente pelo chefe da SICCP, tendo ficado com o contacto deste e do chefe da brigada responsável pelo desaparecimento de pessoas, para efeito de actualização, e com quem tem estado em contacto frequente”, explica a PJ, acrescentando que continua com a investigação no terreno, no sentido de localizar Ismael Silva.

Para a polícia científica, o jovem não se encontra desaparecido, mas sim “em fuga, não querendo ser encontrado, por saber da intenção do pai em interná-lo no hospital psiquiátrico, o que rejeita”. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project