MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

PMA: Nasceu 15 meses depois de morrer o pai atleta olímpico Alex Pullin 30 Outubro 2021

"O teu pai e eu sonhámos contigo durante anos". Um sonho que nem a inesperada morte dele impediu de realizar-se, graças à PMA-IVF, procriação medicamente assistida com fertilização "in vitro’ , a técnica que permitiu o nascimento da primeira bebé-proveta: Louise Joy Brown (em 25 de julho de 1978). Mas desta vez há uma inovação: o pai de Minnie nascida esta semana, dia 25, acabara de falecer quando o médico fez a colheita do sémen.

PMA: Nasceu 15 meses depois de morrer o pai atleta olímpico Alex Pullin

A filha do casal Ellidy e Alex nasceu 15 meses depois da morte, em julho de 2020, do pai snowboarder olímpico australiano (fotos).

Alex morreu enquanto praticava pesca submarina, aos 32 anos. Em junho deste ano, a Ellidy anunciou no Instagram que estava grávida, um sonho que o casal tentava tornar realidade há vários anos.

"O teu pai e eu sonhámos contigo durante anos. Com uma reviravolta de partir o coração pelo meio, estou honrada por finalmente dar as boas-vindas a uma parte dele de volta a este mundo!", escreveu Ellidy Pullin.

Segundo a CNN, a esposa do snowboarder chegou a revelar que o casal estava a tentar engravidar antes da morte de Alex. O processo estava porém a mostrar-se difícil e estavam a ponderar avançar para a fertilização in vitro.

"Íamos continuar a tentar durante mais uns meses, mas depois partiríamos para a fertilização in vitro, esse foi sempre o plano", afirmou.

E de súbito, aconteceu o acidente ao largo da praia de Gold Coast, em Queensland, Estado oriental da Austrália. O campeão de desportos de inverno que saiu mar afora a praticar pesca submarina foi encontrado caído num recife por um outro mergulhador. Ainda foi carregado até à praia. Os socorristas tentaram reanimá-lo, sem sucesso.

"Fizemos um processo de recuperação de sémen, claro, porque o Chumpy faleceu. O médico selecionou as amostras mais viáveis e fecundou o óvulo", explicou a viúva Ellidy.

Alex Pullin competiu nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010, 2014 e 2018. Foi por duas vezes campeão mundial de snowboard — a modalidade de desporto de inverno
caraterizada pela descida de uma inclinação sobre uma rampa para tentar atingir o máximo comprimento. O esquiador é também avaliado pelo estilo em voo e na aterragem.

Fontes: BBC/CNN/Wikipedia.Fotos: Alex e Ellidy Pullin. O snowboarder em competição. Foi o porta-bandeira da seleção australiana em Sotchi 2014.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project