OPINIÃO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

POR AMOR AOS TERRENOS DO GOLF A FESTA CONTINUA… 12 Mar�o 2009

No bar do Presidente do Golf, João Lizardo, mais conhecido como o buraco 19, a direcção do Golf convidou os seus novos amigos da última hora, por quem há um ano chamavam a policia para expulsar do campo por serem pés descalços, indo ao extremo de aumentar as jóias de entrada para 10 000 escudos, de forma a não mais ousarem a se candidatar a sócios do club, há uma grande festa que durou dois dias para comemorar a vitória na Assembleia Geral do dia 27 de Fevereiro. Por: Luiz Silva

«Globalizar » África
Significa desventrar-nos com subtilezas

Indo às nossas profundezas

O que, mais tarde,

Só permitirá retornos difíceis…

Pedro Duarte

No bar do Presidente do Golf, João Lizardo, mais conhecido como o buraco 19, a direcção do Golf convidou os seus novos amigos da última hora, por quem há um ano chamavam a policia para expulsar do campo por serem pés descalços, indo ao extremo de aumentar as jóias de entrada para 10 000 escudos, de forma a não mais ousarem a se candidatar a sócios do club, há uma grande festa que durou dois dias para comemorar a vitória na Assembleia Geral do dia 27 de Fevereiro. Foi uma vitória contra São Vicente, dirigida por filhos das ilhas que São Vicente soube acolher e dar o mesmo tratamento que os seus próprios filhos. Para nós, Mindelenses de ontem e hoje, os defensores da dignidade Mindelense, entraram e saíram de cabeça erguida face as atribulações do Presidente da Mesa, Senhor Armindo Cruz, e seu vice-presidente, Belarmino Lucas, que se revelaram uns pequenos aldrabões, indignos de dirigir uma Assembleia tão importante. Os erros cometidos pelo Presidente da Assembleia e o seu associado os levariam à prisão e a perda da carta de advogado em qualquer país democrático. Mais uma vez é bom dizer que não foram verificadas as procurações, as cotizações dos novos sócios e também daqueles que foram perdoadas as cotizações em atraso.

Na verdade o dinheiro faz-se. Na cidade do Mindelo circulam alguns abaixo-assinados diariamente mas não se fala do Club Golf. São contra a instalação da Delegacia de Saúde no prédio onde residiu o Dr. Adriano Duarte Silva, deputado por Cabo Verde, o único deputado das colónias portuguesas que afrontou o Ministro das Colónias Portuguesas, o Dr. Marcelo Caetano. Correm também abaixo-assinados contra a demolição das casas inglesas, como também do Fortim de São Vicente por iniciativas individuais ou ainda pelo Instituto dos Consumidores. Mas falar do golf, denunciar a patifaria do Gualberto do Rosário, do Nelson Atanasio, do Armindo Cruz, do Belarmino Lucas, do João do Rosário e do seu buraco 19 e dos miseráveis explorados até à medula ninguém fala.
O silêncio da Presidente da Câmara, dos partidos políticos e do Governo sobre os conflitos de terrenos nesta ilha inquietam a população Mindelense. De vez em quando aparece o Ministro Manuel Inocêncio, em São Vicente, a repetir coisas que já ninguém acredita. Visitei hoje a aerogare do aeroporto de São Pedro, tão modesto e incapaz de acolher os passageiros de dois vôos internos quanto mais um vôo internacional. Teremos um aeroporto de fachada e nesta óptica do Governo, nunca teremos vôos internacionais no Aeroporto de São Pedro. A estradinha de Baia das Gatas a Calhau, só vai permitir a meia dúzia de pequenos burgueses de exibir os seus grandes jeeps e enriquecer os proprietários dos terrenos à volta da entrada. A realização da estrada não acompanha um projecto económico de desenvolvimento da região como a construção dum cais de pesca e outras industrias. O que é certo é que esta estradinha vai ser responsável dum grande desequilíbrio ecológico duma das mais lindas zonas de São Vicente.

Ninguém duvida em Cabo Verde, especialmente em São Vicente ou em Santiago (Santa Cruz), dos métodos de que socorreu a direcção do golf de Sao Vicente para assinar a parceria com o grupo turístico Colsolve. Quando uma decisão tão importante levanta tanta celeuma numa sociedade e que põe em perigo a integridade dos dirigentes, devia-se exigir um consensus de mais de dois terços dos sócios até porque se trata duma oferta dos ingleses e outra do governo para fins «não lucrativos». O povo de São Vicente quer participar nesta decisão que concerne toda a ilha seja por referendum se acaso a Câmara Municipal e o Governo nao se sentirem à altura de tomar uma posição clara e definitiva. Mas o povo de Mindelo é perigoso nas urnas e estamos certos que saberá tomar a decisão mais justa para São Vicente. O povo de São Vicente votou pelo partido que defendia «o amor à Terra » e agora poderá votar contra «os que deixaram de amar à Terra».

Persistimos no mesmo pedido de esclarecimento: haverá um campo relvado privado, semi-privado ou público? Que nos respondam a esta questão.

Como já teria anunciado neste diário digital o Grupo Come Tudo, também ambiciona os terrenos dos outros Clubes Desportivos se estendia aos clubes desportivos. O semanário A Semana de 6 de Março anuncia na sua página de publicidade a convocação para uma Assembleia Geral no dia 13 de Março de 2009, pelas 18,30 horas, do Club Mindelo na sede do Grémio Castilho, afim de «submeter aos socios um projecto de parceria com o grupo Verde Invest – Investimentos Turisticos e Imobiliários Limitada, a fim de mandatar à direcção do Clube a prosseguir com as negociações e a subsequente assinatura de um contrato de permuta. »O modelo da proposta da direcção do Club Mindelo é o mesmo que foi apresentado na Assembleia Geral do Club Golf de São Vicente. O Club Mindelo possui um grande terreno e tornou-se cobiçado pelo sector privado. Quem nos pode dizer que o Grémio Castilho já não estará na mira desses investidores. O Club Amarante fica ao lado do Castilho e é o exemplo de instituição cultural e desportiva que graças à dirigentes como Evandro Matos e Tony Fortes, soube infra-estruturas os seus terrenos e graças a créditos bancários conseguiu fazer do Amarante um club autónomo e o modelo da sociedade Mindelense. O Club pode servir de escola a todos os clubes Mindelenses que se orgulham de defender o seu património desportivo.
Ao que se sabe também os olhos dos comedores de terrenos também se estendem ao campo de futebol Adérito Sena, que foi iniciado pelo Club Sportivo Mindelens e que hoje pertence ao Município, sob a direcção do Senhor Henrique Sena, pai do Adérito Sena, Many Sena, Aires Sena, Djosa Sena, todos jogadores do Mindelense. Sao Vicente precisa dum novo stadium, com novos equipamentos, mas o stadium Adérito Sena da Fontinha é para continuar pois por ali passaram as maiores glorias do futebol de Cabo Verde. Agora dessa vez, como diria Baltasar Lopes, mesmo as pedras das nossas calçadas chorariam.

Saocente cordá bô oia’. O exemplo dos dirigentes do Club Amarante, ouro sobre azul como era chamado pelos seus dirigentes, Tony Fortes, Armindo Borges, e em especial o Evandro de Matos (Evandrita), homem da rádio, do jornalismo, do teatro e do desporto, pode ser a resposta aos comedores dos terrenos de São Vicente e das outras ilhas. Também o sacrifício do malogrado Carlos Alhinho pode servir de exemplo aos nossos conterrâneos e em especial aos emigrantes patrícios dispostos a marcar com letras de ouro a historia de São Vicente. Os quadros Mindelenses na Praia, visto os quadros de São Vicente foram na maioria transferidos para a Capital, , deviam também pensar em São Vicente, que tudo deu para que fossem filhos dignos desta Ilha. Porque não imitar estes grandes homens em vez de se deixar embalar pelos ventos do mal alto e largo que somente nos traz a indignidade, a corrupção, que manchara’ por toda a vida a nossa historia.

Os homens e mulheres que se preocupam em denunciar e com razão o desaparecimento do fortim d’El Rei, da Casa do Dr. Adriano, das casas dos Ingleses, deviam também, sem medo e metas nos olhos, defender património desportivo que os cabo-verdianos criaram nesta Ilha como o Club de Golf, o Club Mindelo e possivelmente o Club Castilho e o Campo da Fontinha “Adérito Sena”.

Luiz Silva
Mindelo, 8 de Março de 2009

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project