ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

PR apela à inclusão da literatura e dos autores nos acordos da mobilidade 09 Outubro 2022

O Presidente da República, José Maria Neves, disse este sábado ser “fundamental” que se continue a dar espaços de liberdade para as criações e apelou aos Estados a incluir a literatura e os autores nos acordos de mobilidade.

PR apela à inclusão da literatura e dos autores nos acordos da mobilidade

“É importante pensarmos nisso e pensarmos nos pontos de vetos em relação a estas medidas. Podem querer que vou levar essa questão à CPLP para acelerarmos nisto”, disse, enfatizando que o livro é “caro demais para ser vendido por muito dinheiro”.

José Maria Neves, que falava na cerimónia de encerramento da Xª edição do Encontro de Escritores de Língua Portuguesa, sublinhou ainda que os Estados devem fazer circular o livro e abrir as pessoas à beleza da leitura.

O ministro da Cultura, Abraão Vicente, que na sua comunicação resolveu referir-se sobre os acontecimentos que assolam o mundo, sublinhou que hoje ser escritor, intelectual ou criador já não chega, visto que já não se pode ser ilha sem se ter em atenção o meio que envolve a todos e ao mundo.

Neste processo de ideias, interrogou sobre que livros se devem pôr sobre à mesa de quem dispara mísseis e canhões e os que se deve enviar aos líderes mundiais sobre a paz, e incentivou a todos a que um debate intelectual ligado ao livro e a literatura seja feito em padrões universais.

O secretário-geral da UCCLA, Victor Ramalho, que realçou a riqueza cultural cabo-verdiana, apelou ao PR e ao ministro da Cultura a contribuírem cada vez mais para “abrir caminhos” para a cultura, pois salientou que, abrindo-se esses caminhos, está-se a abrir caminhos para o futuro.

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal da Praia, Francisco Carvalho, que se regozijou com o facto do Xº Encontro dos Escritores de Língua Portuguesa ter sido realizado na Praia (Cabo Verde), ressaltou que o debate sobre o tema “Insularidade e Universalidade” permitiu constatar que Cabo Verde sempre foi “Ilhéu, Ilha e Cosmos” no mesmo diapasão de Filinto Elísio e Vera Duarte.

O Encontro de Escritores de Língua Portuguesa, que reuniu 25 escritores e poetas de diversos países lusófonos, presenciais e por videoconferência, é uma iniciativa da União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA) e da Câmara Municipal da Praia (CMP), em parceria com a Empresa de Mobilidade e Estacionamento da Praia (EMEP), a Academia Cabo-verdiana de Letras (ACL) e a Sociedade Cabo-verdiana de Autores (SOCA). A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project