ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

PR cancela visita à Brava por falta de transporte : JMN diz ser uma ironia porque com a visita queria colocar na agenda o isolamento da ilha 29 Outubro 2022

Em comunicado remetido ao Asemanaonline, a Presidência da Republica lamenta informar que José Maria Neves cancelou a sua visita à Brava, que estava prevista para este sábado de manhã. Além de apresentar desculpas e solidariedade aos bravenses, a chefia do Estado de Cabo Verde adverte que “esta situação não deixa de ser uma grande ironia”, por considerar que “um dos principais objetivos desta deslocação do mais alto Magistrado da Nação à Brava era trazer para a agenda pública a situação de isolamento em que se encontra ilha”.

PR cancela visita à Brava por falta de transporte : JMN diz ser uma ironia porque com a visita queria colocar na agenda o isolamento da ilha

Conforme a nota referida, a Presidência da República informa que, após num primeiro momento ter-se alterado a viagem de Sua Excelência o Presidente da República à ilha Brava, por dificuldades de transporte, e após deslocação ao Fogo para apanhar a ligação marítima para a ilha Brava no sábado de manhã, eis que o Chefe de Estado é surpreendido com a informação da Cabo Verde Interilhas de que, afinal, não haverá mais a ligação, por avaria no navio que deveria assegurar a viagem. Uma situação que, segundo a mesma fonte, parece estar a tornar-se uma constante nas ligações marítimas interilhas.

“Não restando outra alternativa, a Presidência da República lamenta a informar que a sua deslocação à ilha das Flores fica assim cancelada”, fundamenta a fonte deste jornal.

A chefia do Estado de Cabo Verde fez questão de realçar que esta situação não deixa de ser uma grande ironia, portanto um dos objetivos da deslocação do PR à Brava era de colocar na agenda politica nacional a problemática do isolamento da Ilha das Flores do resto do país e do mundo. “Esta situação não deixa de ser uma grande ironia, pois que um dos principais objetivos desta deslocação do mais Alto Magistrado da Nação à Brava era trazer para a agenda pública a situação de isolamento da ilha”.

Entende que este facto, aliado às limitações dos serviços de saúde, incluindo o sistema de evacuações ou a falta dele, acaba por provocar um sentimento constante de insegurança e de abandono dos bravenses.

Diante de tudo isto, José Maria Neves pede soluções imediatas e a longo prazo para resolver os constrangimentos do sector dos transportes, que considera estratégico e indispensável para a Brava e o país em geral. “O caso da Brava é por demais paradigmático da precária situação atual de todo o sistema de ligações (marítimas e aéreas entre as ilhas) e que, como referiramos num comunicado anterior, acaba por condicionar toda a cadeia de desenvolvimento da Brava e de todo este país arquipélago e que carece de soluções imediatas e a longo prazo para um setor tão estratégico e indispensável”.

Conforme o comunicando que vimos referindo, o Presidente da República deseja, mais uma vez, expressar a sua solidariedade para com os bravenses em particular e para com todos os cabo-verdianos, “reiterando o seu comprometimento com as causas nacionais, enquanto ‘Ouvidor da República’ e, adentro de uma perspetiva construtiva e proativa de ajudar na busca de soluções para os grandes desafios que o país enfrenta”.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project