INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

PR chinês Xi Jinping em Portugal: “Vamos absorver a sabedoria da experiência comum” 06 Dezembro 2018

O presidente chinês esteve de terça a quarta-feira em Lisboa, etapa do seu périplo euro-afro-asiático a potenciar a ‘Rota da Seda’ dos investimentos e iniciativas diplomáticas da próxima potência mundial.

PR chinês Xi Jinping em Portugal: “Vamos absorver a sabedoria da experiência comum”

Portugal abraça os investimentos da República Popular da China, designadamente nos setores estratégicos da energia e infraestruturas marítimas e terrestres, mesmo se isso desagrada aos aliados da União Europeia e demais parceiros ocidentais.

O país deve vir a assinar proximamente a iniciativa ‘Rota da Seda’ que visa ligar a Ásia à Europa e outros. Nisso, Portugal ousa estar sozinho contra os aliados europeus. A Espanha, por exemplo, na semana passada durante a visita oficial do presidente chinês, recusou assinar o acordo para aderir à iniciativa.

Investir em energias renováveis

A China investiu já um total de 12 biliões euros desde 2011 em Portugal, segundo dados da embaixada chinesa em Lisboa, citados pelo China Daily News.
Companhias chinesas investiram importantes somas nos setores da banca, seguros, serviços de saúde, imprensa e TAP.

A aposta chinesa no setor da energia, traduzida em 2011 na compra de 25 por cento da rede de energias renováveis REN, passa por uma parceria entre a lusa EDP e a ‘China Three Gorges’ com o objetivo de vir a "dominar o setor mundial da geração de energia renovável”.

Exportação de porcos na agenda da visita ’imperial’

A exportação de porcos de Portugal para a China está incluída num dos 19 tratados assinados durante a visita do presidente chinês à capital portuguesa, onde foi festejado pelo presidente Marcelo e primeiro-ministro António Costa.

Os discursos oficiais, na abertura e encerramento da visita, não deixam dúvidas sobre o bom momento das relações sino-lusas, marcadas pela perspetiva de "absorver a sabedoria da experiência comum”, como expressou Xi Jinping.

A estadia de dois dias, 4 e 5 de dezembro, em Lisboa fica marcada por gastos astronómicos, como os dois milhões pagos ao Hotel Ritz para acolher em exclusivo a comitiva digna de um "imperador do Império do Meio".

Fontes: Televisões/China Daily News/Xinhua News Agency. Foto (Lusa) Xi Jinping em Lisboa de 4 a 5/12 em visita oficial que Marcelo retribuirá em abril.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project