ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

PR destaca Amílcar Cabral como visionário que interpretou a leitura de grandes acontecimentos 02 Julho 2022

O Presidente da República (PR), José Maria Neves, realçou hoje o contributo de Amílcar Cabral na independência de Cabo Verde, destacando-o como visionário que interpretou a leitura de grandes acontecimentos.

PR destaca Amílcar Cabral como visionário que interpretou a leitura de grandes acontecimentos

José Maria Neves fez esta consideração durante a sua participação, via plataforma digital, na abertura de Simpósio Internacional sobre legado teórico e cultural de Amílcar Cabral, que acontece a partir dos Estados Unidos da América, iniciativa da Cabo Verdean American Community Development, em parceria com o The Museum of CapeVerdean.

Segundo o Chefe de Estado, este é um grande momento, porque se está a comemorar 47 anos da independência, e esse simpósio, assinalou, vem homenagear um dos “grandes homens” da libertação de Cabo Verde e Guiné Bissau.

“Foi visionário a todos os títulos quando interpretou a leitura de grandes acontecimentos na altura, e que mostrava claramente que só pedíamos retomar o caminho do desenvolvimento se tomássemos o nosso destino nas nossas próprias mãos”, explicou.

Referiu que Cabral conseguiu ver que não era possível resolver definitivamente problemas se não se rompesse com a dominação colonial, mostrando uma grande inteligência na interpretação dos sinais.

De acordo com o PR, Amílcar Cabral tinha preocupações com instituições enquanto estruturas, normas, regras, mas também enquanto hábitos mentais, sendo que ele foi um grande pedagogo.

“Dizia sempre que devíamos criar instituições para resolver os problemas das pessoas e sua preocupação levou a que mesmo antes do 25 de Abril, organizasse serviços de educação, saúde, por forma que nas zonas libertadas as pessoas tivessem outros mecanismos com essas ferramentas”, sublinhou.

No seu entender, nos primeiros 15 anos, Cabo Verde, ainda no quadro do regime de partido único, “que sempre prestou atenção ao Estado de Direito”, a criação de instituições para que o país pudesse ter pilares importantes para a construção do futuro, aconteceram graças à pedagogia política e ensinamentos de Amílcar Cabral.

“Cabral sonhou com um Cabo Verde muito mais verde, mais resiliente e muito mais desenvolvido”, sustentou.

O evento, no qual o Chefe de Estado participou via plataforma digital, visou expor o legado teórico e cultural de Amílcar Cabral, no quadro das celebrações culturais que as duas organizações pretendem realizar para assinalar o 47º aniversário da Independência Nacional. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project