ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

PR promete trabalhar com Governo para apoiar universidades na investigação e internacionalização 15 Novembro 2021

O Presidente da República disse hoje, no Mindelo, que vai trabalhar em “cooperação estratégica” com o Governo para apoiar as universidades na investigação, melhoria da formação e internacionalização.

PR promete trabalhar com Governo para apoiar universidades na investigação e internacionalização

Segundo a Inforpress, José Maria Neves manifestou este desejo à imprensa após encontrar-se com o reitor da Universidade do Mindelo, que foi precedido de outra reunião com a reitora da Universidade Técnica do Atlântico (UTA) e de visitas aos laboratórios de Biologia e de Electrotécnica e ao simulador de máquinas marítimas do Instituto Superior de Engenharias e Ciências do Mar (Isecmar).

Conforme o Presidente da República, além da investigação, melhoria da formação e internacionalização das universidades, pretende também apoiar na mobilização de “recursos suficientes” para melhor funcionamento dessas instituições.

“Pude ver no Isecmar valências extremamente importantes não só o Instituto do Mar, a Escola do Mar, que juntamente com a UTA estarão integrados no Campus do Mar”, declarou o chefe de Estado, que disse ter tomado conhecimento de cursos “extremamente importantes” nas áreas das engenharias aeronáuticas, pilotagem, formação para aeronegócios e também para indústrias turísticas.

São iniciativas, continuou, que devem ser apoiadas pelo Estado, e o Presidente da República vai exercer a sua magistratura de influência para que as universidades tenham “mais músculo e muito mais capacidade de acção” a nível nacional.

Segundo José Maria Neves, no quesito internacionalização já há “um trabalho importante” a nível do Isecmar na acreditação dos pilotos cabo-verdianos e outros oficiais que trabalham na marinha internacional, além da cooperação com “países importantes, designadamente a Noruega”.

Pelo que, defendeu, a ideia passa por estimular essa internacionalização.

“É estimular para que continuemos a fazer esse trabalho para trazer muito mais estudantes da região da costa ocidental africana para a UTA e também garantir que, com essa internacionalização, haja muito mais apoio financeiro”, ajuntou José Maria Neves, para o desenvolvimento da Universidade Técnica do Atlântico, continuou, e apoio às universidades privadas, para que consigam desempenhar “cabalmente o seu papel”

O Presidente da República afirmou ainda, prossegue a Inforpress, que vai exercer a sua magistratura de influência e trabalhar não só com o Governo, mas também com as autoridades locais e a nível internacional, no sentido de encontrar as melhores soluções para o financiamento do ensino superior em Cabo Verde, de modo a acudir, sobretudo, as famílias mais carenciadas.

Conforme ainda José Maria Neves, a visita às essas duas instituições, UTA e Uni-Mindelo, teve o propósito de destacar a importância das universidades na aceleração do ritmo de desenvolvimento do País

“E é fundamental apoiar, buscar sinergias com todas as universidades para termos um debate político mais fundamentado, a nível do País”, declarou o chefe de Estado, para se ter, continuou, um campo intelectual “mais interveniente e capaz de intermediar o processo de discussão política” em Cabo Verde e “acrescentar muito mais valor” em tudo o que se faz e “sermos mais competitivos” a nível global e do País.

Nesta linha, o Presidente da República prometeu, igualmente, visitar as universidades privadas de São Vicente e das outras ilhas, no quadro da iniciativa “Presidência na Ilha” que, explicou, é tipo de uma presidência aberta em todas as ilhas durante a qual encontrar-se-á com todas as universidades, empresas, sindicatos, partidos políticos, autoridades locais, para discutir os problemas locais.

Isto porque, esclareceu, defende “um novo pacto de poder entre as ilhas”.

“São precisos mais recursos e mais poderes às ilhas e, a partir daí, trabalhar com todas as ilhas, com as universidades, com a sociedade civil para conseguirmos o desenvolvimento sustentável no horizonte 2020/2030”, garantiu.

Esta tarde, o Presidente da República fará uma visita de cortesia à Câmara de Comércio do Barlavento e depois vai reunir-se com os dirigentes sindicais de São Vicente, nas instalações da Universidade do Mindelo, conclui a fonte deste jornal.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project