ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Papa "veloz" a solidarizar-se com Cristina Kirchner, mas não com Zelensky 06 Setembro 2022

O papa Francisco enviou a sua solidariedade à vice-presidente Cristina Kirchner, que foi alvo de uma tentativa de assassínio na quinta-feira 1. Mas logo surgiram críticas ao Sumo Pontífice que, alegam detratores, foi "veloz" a solidarizar-se com Cristina Kirchner, mas não com "os ucranianos invadidos pela Rússia há seis meses".

Papa

"Rezo para que na minha querida Argentina prevaleçam sempre a harmonía social e o respeito dos valores democráticos, contra todo o tipo de violência e agressão", expressou Francisco.

Também o presidente da CEA-Conferência Episcopal Argentina dirigiu a sua solidariedade à vice-presidente Cristina Kirchner, bem como expressou "o compromiso da oração fervorosa para que que para que se preserve a paz e a concórdia no nosso país", lê-se no comunicado assinado por Monsenhor Oscar Ojea.

Fontes: Ansa/Clarín.ar/Twitter. Relacionado: Argentina: Vice-PR Cristina Kirchner alvo de atentado — "O mais grave desde 1983", 03.set.022.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project