INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Paquistão: Pai terá matado filhas e netos por estar contra casamento 20 Outubro 2021

Um homem paquistanês é suspeito de matar as suas duas filhas e os quatro netos depois de atear fogo à residência onde moravam porque as vítimas casaram contra a sua vontade, indicaram as autoridades policiais locais, citado pelo Notícias ao Minuto (NM).

Paquistão: Pai terá matado filhas e netos por estar contra casamento

O suspeito, Manzoor Hussain, está a ser procurado pela polícia depois de ter ateado fogo à casa das irmãs Fauzia Bibi e Khurshid Mai, numa vila no centro do Paquistão, conforme noticia o Notícias ao Minuto (NM).

No incêndio morreram as duas irmãs, um bebé de quatro meses (filho de Fauzia Bibi), três crianças de dois, seis e 13 anos de idade (filhos de Khurshid Mai) e um homem (marido de Mai),e só sobreviveu uma pessoa, segundo indicou o responsável policial Abdul Majeed à Reuters.

Ainda de acordo com a autoridade, Fauzia Bibi tinha contraído matrimónio há cerca de 18 meses contra a vontade do pai - um casamento por amor, ao invés de um casamento arranjado. "O incidente é resultado da rivalidade entre as duas famílias por causa do casamento por amor", indicou Majeed, citado pla nossa fonte.

Conforme escreve o NM, o marido da outra irmã, Ahmad, único sobrevivente entre as duas famílias, disse à polícia que não estava em casa na altura do incêndio e que encontrou a residência em chamas quando regressou do trabalho, de madrugada.

“A Comissão de Direitos Humanos do Paquistão sublinha que centenas de mulheres são assassinadas todos os anos por familiares, no país, por causa de casamentos contra vontade da família”, cita o NM.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project