ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Parlamento: Ulisses Correia diz que seu Governo não se limita a gerir emergências em contexto de crises graves 26 Outubro 2022

O primeiro-ministro disse hoje no parlamento que em contexto de crises graves o seu Governo não se limita apenas a gerir emergências, que investe e continuará a investir mais na resiliência, com particular incidência nas regiões rurais.

Parlamento: Ulisses Correia diz que seu Governo não se limita a gerir emergências em contexto de crises graves

Ulisses Correia e Silva discursava no arranque do debate com o primeiro-ministro, nesta segunda Sessão Plenária de Outubro, cujo tema será “O desenvolvimento no meio rural”.

O líder do Executivo cabo-verdiano disse que a sua equipa tem apostado na resiliência e sustentabilidade assentes na transição da agricultura e pecuária tradicional de subsistência para mais produtividade, mais rendimento e orientação para o mercado.

Outra aposta, conforme Correia e Silva, é na estratégia de água assente na diversificação das fontes de irrigação, bem como na aceleração da transição energética, na expansão de projectos hidroagrícolas integrados e na melhoria de acessibilidades e mobilidade para mercadorias e pessoas.

Ulisses Correia e Silva falou ainda no desenvolvimento das pescas e das comunidades piscatórias na implantação e desenvolvimento do turismo rural, na eliminação da pobreza extrema e redução da pobreza absoluta, na estratégia de Desenvolvimento Local e Regional orientada para a coesão territorial e coesão social e no aumento da capacidade de resposta a situações de emergência.

Estas são as nossas opções para que o desenvolvimento rural seja sustentável. Não nos limitamos a ver para o campo como espaços de pobreza e coitadeza. É preciso ambição e sentido de futuro”, disse o chefe do Governo, afirmando ainda que na estratégia da água, os incentivos fiscais e financeiros para a massificação da rega gota-a-gota “irão continuar”.

O primeiro-ministro prosseguiu afirmando também que “os resultados registados são bons”, que a taxa de penetração de irrigação gota-a-gota aumentou de 27% em 2015 para 44% em 2022 e que “é para continuar a crescer”.

“Para ainda este ano, está previsto o embarque para Cabo Verde de duas dessalinizadoras enquadradas na linha de crédito da Hungria, seguindo-se as restantes. Os projectos hidroagrícolas da Zona Sul do Fogo, de Achada Grande (Tarrafal de Santiago) e da Brava tiveram bons resultados na mobilização da água e extensão de terrenos agrícolas”, apontou.

Ulisses Correia acrescentou ainda que o projecto de adução e distribuição de água em Planalto Norte, Santo Antão, será brevemente inaugurado, que o projecto Hidroagrícola de Ribeira dos Picos, Santa Cruz já arrancou e que o projecto da Bacia Hidrográfica de S. João Baptista, Ribeira Grande de Santiago, financiado pelo BADEA no valor de 15 milhões de dólares, está em fase de preparação do concurso.

Várias localidades foram desencravadas com impacto positivo na actividade agrícola, turística, acesso a mercados e mobilidade das pessoas. Várias obras estão em execução. Sábado iremos inaugurar a estrada Salina/Ribeira dos Picos, em Santa Cruz. Um novo pacote de estradas será lançado em 2023”, realçou.

Na água para o consumo humano, Ulisses Correia e Silva referiu que vários investimentos foram realizados, com destaque para a instalação de dessalinizadora de água em Ribeira da Barca e construção de redes de distribuição, bem como para a rede de adução de água dessalinizada São Domingos/Rui Vaz/São Lourenço dos Órgãos, como também para o início da construção das redes de adução e de distribuição de água para S. Salvador do Mundo e a elevação da taxa de cobertura de água canalizada no Fogo para 98%.

Além do debate com o primeiro-ministro, esta segunda sessão plenária de Outubro terá também como ponto alto o debate sobre a situação da Justiça e a eleição dos nomes que compõem o Órgãos Externos à Assembleia Nacional: juízes suplentes do Tribunal Constitucional, para o Conselho de Disciplina e Avaliação dos Juízes do Tribunal de Contas, assim como para o Conselho Superior de Magistratura Judicial e para o Conselho Superior do Ministério Público.

Ainda nesta sessão, os deputados terão sobre a mesa para a aprovação, ou não, a proposta de Lei que estabelece o regime jurídico de comercialização, importação, distribuição e produção de plásticos de utilização única, a proposta de Lei que estabelece o estatuto da pessoa idosa e o projecto de resolução que altera a Comissão do Parlamento para a X Legislatura. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project