SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Pelas 3 medidas que salvam — "Ou morres entubado, só e sem despedidas" 03 Dezembro 2020

Prestes a completar um ano sobre o início da pandemia que mudou o quotidiano dos habitantes em todo o nosso planeta, a contagem aterradora continua crescente e já vai nos 65 milhões de infeções e quase um milhão e meio de óbitos causados pelo coronavírus. As campanhas de sensibilização às populações sobre os cuidados a ter focam-se em três medidas, mas há quem proponha uma mensagem-choque sobre o maior medo que é a solidão na morte: "Ou as três medidas sanitárias ou morres entubado, só e sem despedidas" .

Pelas 3 medidas que salvam —

As campanhas focam-se no distanciamento social, na higienização pessoal e uso de máscaras protetoras, mas há quem proponha uma campanha-choque sobre a atual realidade que é a solidão na morte. Quem escolheria morrer "entubado, só e sem despedidas"?

O combate à Covid-19 vai, pois, além das duas frentes terapêutica e preventiva que são a busca da vacina e as experimentações em torno de medicamentos utilizados em outras doenças.

Essa luta para combater o coronavírus deve incluir o alerta sobre as condições que rodeiam quem morre "entubado, só e sem despedidas".

Fontes: Japan Times. Foto (Kyodo): Evitar contactos, espaços fechados e multidões são as três medidas que a governadora de Tóquio, Yuriko Koyke, propõe para combater a Covid.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project