REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Pelo menos 15 mortos em dois naufrágios na costa da Líbia 12 Outubro 2021

Pelo menos 15 pessoas morreram afogadas após dois naufrágios ao largo da costa da Líbia, disse esta terça-feira, 12, o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), numa nova tragédia das migrações ilegais no Mar Mediterrâneo.

Pelo menos 15 mortos em dois naufrágios na costa da Líbia

"Morte trágica. Os corpos de 15 pessoas foram recuperados por dois navios que chegaram à base naval de Trípoli esta noite", disse, segundo a Lusa, o ACNUR numa mensagem publicada na rede social Twitter na madrugada desta terça-feira.

"Os 177 sobreviventes receberam ajuda, alguns a necessitar de assistência médica urgente do ACNUR e dos seus parceiros", de acordo com a mesma fonte.
"Os passageiros haviam partido no dia anterior de Zwara e Alkhoms", duas cidades na costa oeste da Líbia.

De salientar que a Líbia é um importante ponto de passagem para dezenas de milhares de migrantes, principalmente de países africanos da região do Saara, que procuram a cada ano chegar à Europa através da costa italiana, a cerca de 300 quilómetros de distância.

Segundo a mesma fonte, o número de migrantes que morreram no mar a tentar chegar à Europa mais do que duplicou este ano em comparação com o mesmo período de 2020, de acordo com dados da Organização Internacional para as Migrações (OIM) divulgados em julho. “Em setembro, a OIM contabilizou 1.369 migrantes afogados no Mediterrâneo desde o início do ano”.

Esta nova tragédia de migração ilegal ocorre cerca de dez dias depois de uma operação realizada pelas autoridades nos subúrbios de Trípoli, que visava principalmente migrantes irregulares. Pelo menos 5.000 migrantes e refugiados foram presos.

As organizações não-governamentais (ONG) e agências da ONU regularmente denunciam as condições deploráveis nos centros de detenção na Líbia, onde contrabandistas e traficantes beneficiaram nos últimos dez anos do clima de instabilidade após a queda do regime de Muammar Khadafi em 2011, tornando a Líbia o centro do tráfico de seres humanos no continente, cnclui a Lusa.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project