MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Perdões de Natal: Trump clemente com compadre Kushner, sogro de Ivanka 25 Dezembro 2020

"Pela sua imensa obra de beneficiência", o empresário da imobiliária Charles Kushner está na lista de perdão presidencial, emitida na antevéspera de Natal. Arguido em 2005 por fraude fiscal, declarações falsas e intimidação de testemunha, o pai de Jared Kushner foi condenado a 24 meses de prisão — o que levou à sua irradiação da prática de advocacia — mas arriscava uma pena ainda mais pesada: 25 anos na prisão por "promoção de prostituição" e "obstrução de justiça".

Perdões de Natal: Trump clemente com compadre Kushner, sogro de Ivanka

A testemunha vítima de retaliação após ter deposto contra Kushner era o seu próprio cunhado, William Schulder, que tinha aceitado cooperar com as autoridades federais na investigação que levou à condenação do bilionário à pena de prisão e multa de mais de meio milhão de dólares.

Em retaliação, Kushner preparou a Schulder uma armadilha, servindo-se duma trabalhadora da ’mais velha profissão do mundo’.

Em vésperas do Natal de 2003, a profissional levou o inocente seduzido a um motel onde o quarto tinha sido armadilhado com videocâmaras.

Passados cinco meses, Kushner, pai de Jared casado com Ivanka Trump, enviou a gravação à irmã, Esther Schulder, que não teve dúvidas em entregar tudo à Justiça.

Mais tarde, o irmão pediu perdão à irmã, pelo vídeo porno. A crónica não indica se Esther Schulder acedeu ao pedido.

Kushner arriscava passar 25 anos na prisão

A gravação é um dos principais elementos do processo judicial que acusava o empresário de "promoção de prostituição" e "obstrução de justiça", crimes puníveis com até 25 anos de prisão.

Valeu a Kushner a clemência de Trump, que concedeu ainda mais 28 perdões totais e parciais com comutação da pena, na antevéspera deste Natal.

Filantropo muito generoso

A linha de defesa de Kushner baseou-se na sua atividade como benemérito. Doou um milhão de dólares a uma escola em Israel. Pagou por programas educativos em Nova Iorque. Contribuiu para a campanha presidencial de Bill Clinton. Idem em 2016 para a de Hilary Clinton, que emitiu um comunicado de que irá "devolver o dinheiro caso Kushner for condenado".

Em outubro de 2002, Kushner tinha doado duma só vez um milhão de dólares ao Partido Democrático. Ao longo da década precedente tinha financiado a campanha do governador de New Jersey, James McGreevey.

Fontes: Time. Fotos (Getty): Charles Kushner, pai de Jared, e Donald Trump, pai de Ivanka — compadres, no sentido especial que se dá em português ao tratamento entre os pais dos dois membros dum casal.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project