MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Pergunta que ninguém fez sobre rapaz da foto premiada com maior galardão de 2018 14 Abril 2018

O fotógrafo venezuelano Ronaldo Schemidt ostenta o "2018 World Press Photo of the Year Award" tendo atrás a foto que lhe valeu o prémio: um venezuelano em chamas durante uma manifestação anti-Maduro.

Pergunta que ninguém fez sobre rapaz da foto premiada com maior galardão de 2018

O júri reunido ontem em Amesterdão concedeu o mais prestigiado prémio da fotografia a Ronaldo Schemidt. "A foto simboliza a crise vivida na Venezuela", sintetizou a presidente do júri.

Há quase um ano, em 3 de maio de 2017, o fotógrafo Ronaldo Schemidt, enviado-especial da AFP a Caracas, estava no lugar certo na hora certa. Foi assim que captou o manifestante a ser envolto por línguas de fogo, após a explosão duma mota da polícia enviada para reprimir os manifestantes.

O homem em chamas foi identificado, na legenda da foto, como José Víctor Salazar Balza, de 28 anos. Nada mais se escreveu sobre ele nestes mais de onze meses. Os motores de busca consultados nada mostram.

Este final de semana, o prémio voltou a pôr a foto "Crise na Venezuela" a circular. Em todos os órgãos de comunicação social, com partilhas nas redes sociais.

Também desde ontem, 12, dia da divulgação do prémio, não se viu ninguém a perguntar: O que terá acontecido ao rapaz incendiado? Fonte da foto: Agence France-Presse.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project