REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Persona non grata: Rússia expulsa mais de 130 diplomatas de 13 países 01 Abril 2018

Esta sexta-feira, Moscovo voltou a anunciar novas expulsões de diplomatas em retaliação. Na véspera fora a vez de aplicar o olho por olho expulsando 60 diplomatas dos Estados Unidos, o mesmo número de diplomatas russos expulsos, como Washington anunciara.

Persona non grata: Rússia expulsa mais de 130 diplomatas de 13 países

Esta sexta-feira, Moscovo volta a aplicar o ’olho por olho’ aos países que alinharam com o Reino Unido e Estados Unidos. 13 diplomatas da Ucrânia, quatro do Canadá, idem da Polónia e Alemanha, três da Lituânia, R. Checa e Moldávia, dois da Itália, Holanda, Espanha e Dinamarca, um da Finlândia, Letónia, Suécia, Noruega, Roménia, Croácia, Irlanda e Estónia têm uma semana para deixar o país.

Estes dados são da agência estatal russa, Sputnik, que acrescenta que Moscovo pondera ainda a resposta a dar à Bélgica, Hungria, Montenegro e Geórgia.

Reino Unido expulsou 23 diplomatas russos e teve igual retaliação

A 17 de março, a primeira-ministra Theresa May anunciava a expulsão de 23 diplomatas russos. Estes tinham uma semana para deixar o país. Saíram três dias depois, a 20.

No mesmo dia, Moscovo dava a réplica. 23 diplomatas britânicos tinham de deixar a Rússia, no mesmo prazo, e desativar-se-ia o consulado inglês em São Petersburgo. A 24, os diplomatas chegavam a Londres.

Fontes CNN/BBC/ referidas. Foto (Getty Images) da 1ª vaga de expulsões no caso Skripal

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project