INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Piratas estão de volta ao golfo da Guiné 11 Julho 2020

"Os piratas dos mares já não existem", diz-se, mas continuam ativos nos mares ao largo da Nigéria, Camarões, Benim, Togo e Gabão. E de janeiro até este data fizeram 78 sequestros só no golfo da Guiné. Principal alvo: os petroleiros, porque as companhias podem pagar bem para recuperar os seus ativos.

Piratas estão de volta ao golfo da Guiné

A consultora de segurança marítima Dryad Global indica que a atividade criminosa por piratas que sequestram navios e tripulantes aumentou 23 por cento, só no golfo da Guiné, em 2020 comparativamente a 2019.

Os armadores que falaram sob anonimato ao Le Figaro, desta sexta-feira, 10, não têm dúvida de que "este espaço marítimo se tornou o mais perigoso do mundo".

Uma reviravolta face ao que acontecia há poucos anos quando os piratas assolavam a Somália e o golfo de Aden, então tidas como as regiões mais perigosas do mundo.

O resto do mundo dizia: "Já não há piratas dos mares".

Principal alvo: os petroleiros

Recorde-se o sequestro em fins de dezembro do petroleiro da linha Luanda-Lomé. Raptaram 20 tripulantes (Angola: Piratas assaltam petroleiro da linha Luanda-Lomé..., 19.dez.019), que semanas depois foram libertados. Mas o montante da transação não foi divulgado.

O navio petroleiro Duke da companhia ’Union Maritime’ foi atacado no trajeto entre Angola e o Togo. Os piratas fizeram reféns 20 membros da tripulação. A consultora de segurança marítima Dryad Global indicou que foram seis os piratas que subiram a bordo do petroleiro, nas proximidades do Golfo da Guiné.

Esse incidente há sete meses ocorreu menos de duas semanas após o sequestro de dezanove tripulantes do petroleiro ’Nave Constellation’, ao largo da ilha de Bonny, Nigéria, segundo informa a Dryad Global.

Fontes: AFP/Le Figaro/UnionMaritimeNews.com/dryadglobal.com. Fotos: Luanda. Exploração petrolífera no delta da Nigéria.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project