ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Piroga deu à costa de ilha cabo-verdiana da Boa Vista com oito migrantes africanos 16 Setembro 2022

Uma piroga deu à costa hoje na ilha da Boa Vista, em Cabo Verde, com oito migrantes africanos, com indicação de que mais 13 integrantes do grupo não sobreviveram durante a viagem, informou hoje fonte oficial.

Piroga deu à costa de ilha cabo-verdiana da Boa Vista com oito migrantes africanos

O diretor do Serviço de Proteção Civil e Bombeiros da Boa Vista, Kevin Tomes, disse à Lusa que a embarcação deu à costa na zona norte da ilha, em Cruz Morte, com oito migrantes africanos, que foram conduzidos ao centro de saúde local.

Os migrantes, que já foram identificados pelo menos como sendo senegaleses e mauritanos, foram encontrados desidratados e estão a receber cuidados médios, avançou ainda a mesma fonte.

Segundo Kevin Tomar, os sobreviventes deram indicação que o barco embarcou, em país também ainda não especificado, com 21 migrantes, mas à medida que os restantes 13 morreram, foram deitados ao mar.

Quanto ao destino da embarcação, ainda não se sabe ao certo, mas o mesmo responsável disse que seria provavelmente a Europa.

Lembra a Lusa que esta não é a primeira vez que embarcações africanas dão à costa em Cabo Verde, sendo o anterior caso em julho de 2021, com apenas um cadáver a bordo, ao largo da ilha de Santo Antão.

Em 16 novembro de 2020, uma embarcação deu à costa da ilha do Sal com 68 migrantes clandestinos a bordo, e informações em vários órgãos de comunicação social deram conta de cerca de 150 pessoas que teriam saído do Senegal.

Quatro dias depois, foram avistados seis corpos no mar da mesma ilha, suspeitando-se que faziam parte da embarcação.

Em novembro do mesmo ano, Cabo Verde e Senegal manifestaram a vontade de reforçar a cooperação e trabalhar em conjunto com os outros Estados africanos para combater a imigração ilegal.

É preciso reforçar aqui a nossa cooperação ao nível da segurança, ao nível das fronteiras, ao nível deste atendimento deste fenómeno da imigração ilegal”, sustentou, segundo ainda a Lusa, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e da Integração Regional de Cabo Verde, no balanço de uma visita de uma semana ao Senegal e à Nigéria.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project