SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Plantações canábis destruídas pela PJ em Cabo Verde 16 Novembro 2020

Uma operação da Polícia Judiciária (PJ) cabo-verdiana, a terceira do género de combate ao tráfico interno de estupefacientes em duas semanas, permitiu desmantelar e destruir quase 6,5 toneladas de canábis em vários locais da ilha de Santiago.

Plantações canábis destruídas pela PJ em Cabo Verde

Em comunicado divulgado esta segunda-feira, 16, a PJ refere que a operação, realizada na sexta-feira, 13 de novembro, foi coordenada pela Seção Central de Investigação de Tráfico de Estupefacientes e envolveu 107 operacionais no terreno, incluindo elementos das Forças Armadas.

Permitiu o "desmantelamento de várias produções" de canábis em "diversas localidades do interior" daquela ilha, prossegue o comunicado.

A operação resultou, segundo sapo.pt que cita Lusa, na apreensão de 6.479 quilogramas de canábis, que foram queimados no local, por "ordem do Ministério Público", acrescentou a PJ, sem adiantar informação sobre eventuais detenções.

Uma operação idêntica realizada também no interior de Santiago em 30 de outubro já tinha levado à apreensão e destruição de 11.728 quilogramas de canábis.

Outra ação do género, realizada em 03 de novembro e envolvendo também uma centena de militares, levou à apreensão e queima de 4.134,5 quilogramas de canábis em várias plantações igualmente em diferentes locais da ilha de Santiago.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project