ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Plataforma Sindical consternada com a morte de Aníbal Borges: Quer concretizar o sonho de Borges de unir e resgatar a UNTC-CS 06 Maio 2021

Em conferência de imprensa promovida esta quarta-feira na Praia, a Plataforma Sindical (PS – Unir e Resgar UNTC-CS), que reúne 12 sindicatos da família da mesma central sindical, lamentou a morte, no domingo, 02, do seu coordenador Aníbal Borges, que era também presidente do Sindicato das Instituições Financeiras (STIF) e da Rede da CPLP da UNI Finance. Além de considerar o desaparecimento físico de Borges como uma perda irreparável para o Movimento Sindical Cabo-verdiano, o porta-voz Eliseu Tavares garantiu que a Plataforma Sindical assume o compromisso de honra de fazer tudo para concretizar um dos sonhos de Aníbal Borges que era o de unir e resgatar a UNTC-CS.

Plataforma Sindical consternada com a morte de Aníbal Borges: Quer concretizar o sonho de Borges de unir e resgatar a UNTC-CS

Como vice presidente da Plataforma Sindical em representação dos colegas, Tavares realçou, num comunicado da imprensa lido, que a morte inesperada de Aníbal Borges representa uma perda irreparável para o STIF que presidia, a UNTC-CS e o Movimento Sindical Cabo-verdiano em geral. «Foi um lutador incansável, em prol dos direitos dos trabalhadores cabo-verdianos, tendo estado presente e participado, ativamente, em momentos marcantes da história da UNTC-CS, como, nos dos anos 90, quando o Governo de então tudo fez para extinguir a UNTC-CS. O seu desaparecimento físico constitui, pois, uma perda irreparável para o Movimento Sindical Cabo-verdiano e não só», salientou.

Lembrou que, enquanto Coordenador da “Plataforma Sindical – Unir e Resgatar a UNTC-CS”, Borges vinha fazendo de tudo para concretizar o principal objetivo desta, que é o de unir a grande família da UNTC-CS e resgatar esta Central Sindical. «Se é certo que ele já morreu sem ver concretizado esse seu sonho, não é menos verdade de que nós, os que cá ficaram e vão continuar com o facho da Plataforma Sindical, vamos tudo fazer para atingir esse desiderato. Aliás, entendemos que a melhor homenagem que podemos prestar ao Aníbal Borges, é dar tudo de nós para que o objetivo, por que ele sempre lutou, seja de facto alcançado. Assumimos, pois, aqui, um compromisso de honra, em como tudo iremos fazer para Unir e Resgatar a UNTC-CS. Nesta perspetiva vamos, brevemente, reunir a Plataforma Sindical, com vista a se proceder à sua reorganização e a eleger um novo Coordenador da mesma», anunciou.

Percurso de dirigente destacado

Eliseu Tavares realçou que a Plataforma Sindical ficou «profundamente consternada com a morte de Aníbal Borges», no dia 2, e defendeu que ficará para sempre imortalizado como um destacado dirigente sindical de Cabo Verde. «Aníbal dos Reis Borges foi um destacado dirigente, que iniciou nas lides sindicais como delegado sindical, tendo, posteriormente, exercido diversas funções nas mais variadas estruturas sindicais do país (Sindicatos, União, Federação e Central Sindical)», descreveu.

Referindo-se ainda à sua trajectória sindical, Eliseu Tavares lembrou que
foi Presidente do Sindicato da Indústria, Comércio, Serviços, Agricultura e Pesca (SISCAP); Presidente do Sindicato das Instituições Financeiras (STIF); Presidente da União dos Sindicatos de Santiago (USS) e Presidente da Federação dos Sindicatos da Indústria, Comércio, Serviços e Afins (FSICASA), todos filiados na UNTC-CS.

«A nível da UNTC-CS em si, desde 1986, sempre integrou os principais órgãos desta Central Sindical, tais como o Secretariado Nacional e o Conselho Nacional, tendo exercido as funções de Presidente da Mesa do Conselho Nacional da UNTC-CS, no período de 2005 a 2010. Foi membro do Conselho Consultivo do INPS e do Conselho de Concertação Social, em representação da UNTC-CS», precisou.

No plano internacional, o conferencista recordou que Aníbal Borges foi membro suplente do Comité Executivo da UNI-África e Presidente da Rede da CPLP da UNI Finance.

«A Plataforma Sindical, em nome dos seus 12 Sindicatos filiados que a compõem, apresenta à família enlutada as suas mais sentidas condolências», concluiu Eliseu Tavares, que é também presidente de SISCAP.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project