MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Pode um salário mínimo pagar tanta ostentação de riqueza “à Kardashian”? – Polícia seguiu rasto em rede social para saber 12 Abril 2018

A vaidade pode ser útil no combate ao crime. A polícia seguiu na rede social Instagram as publicações duma empregada de supermercado, ’seguidora’ de Kim Kardashian, para investigar como um salário mínimo nacional podia pagar tanta ostentação de riqueza.

Pode um salário mínimo pagar  tanta ostentação de riqueza “à Kardashian”? – Polícia seguiu rasto em rede social para saber

A Emily Lock, de 22 anos, que ganhava o salário mínimo inglês, colocava no Instagram todas as ‘cenas’ que mostravam as suas máximas realizações: vestidos e férias em destinos iguais às de Kim Kardashian, que em cada aparição pública ostenta peças marcadas como Gucci, ... Lanvin… Paris, Austrália, Dubai e preços que podem chegar aos milhares de dólares (centenas e até milhares de contos).

O busílis da questão investigativa é que enquanto as celebridades Kardashian obtêm por mês, só com a sua exposição pública, ganhos em cifrões de milhões, a jovem desta triste história real ganhava 900 euros (o salário mínimo nacional), que nem dá para sustentar os pets da foto.

O desmantelamento da rede de três traficantes de cocaína foi pois facilitado pela exibição do estilo de vida luxuoso de Emily. Tudo estava no Instagram, entretanto desativado esta quarta-feira de manhã.

Como ficou apurado em tribunal, “o estilo de vida à Kardashian” era financiado pelo namorado, que todas as semanas obtinha pelo tráfico de cocaína uma média de 1.600 libras (c.210 mil CVE).

Um "salário" de topo, que foi involuntariamente delatado por um dos cúmplices. A investigação apanhou-o a gabar-se da proeza, como mostrou a gravação durante o julgamento dos três traficantes e das namoradas de dois.

O juiz atendeu o pedido de clemência proferido pela defesa de Emily Lock, e condenou-a à pena mais leve: quinze meses. Ela é a mais jovem do grupo de cinco, todos na casa dos vinte.

O advogado descreveu-a como “uma jovem extremamente ingénua”, que “agora perde tudo” porque “não percebeu que o estilo de vida da Kardashian era incompatível com o seu emprego em tempo parcial no LIDL”.

Será que a imitadora de Kim Kardashian vai ter emprego após cumprir pena, que começou a purgar esta quarta-feira, 11?

O que faz a polícia diante da ostentação de riqueza suspeita?

A polícia inglesa seguiu o rasto. Investigou entre outros o carro do namorado, nas fotos. Custava nada menos que 66 mil libras (perto de nove milhões CVE), metade pago a pronto e a outra metade por empréstimo através de falsificação de documentos que davam Mark como empregado duma empresa desativada.

Fim da linha para o tal Mark Price, condenado a sete anos de prisão, a pena mais pesada do grupo – contrariando a sua defesa de que era "imaturo" e "não era um criminoso".

“Ele agiu como um criminoso, só que não era muito bom nisso. O tribunal não vai ser clemente, só porque o réu é um traficante péssimo”, disse o juiz. Os demais associados do crime de tráfico de cocaína e canábis tiveram penas entre os dois e os cinco anos.

Enquanto em outros países, a polícia não investiga, no Reino Unido a polícia utiliza todos os meios para resolver os crimes. É caso para dizer: Até vão ao Instagram investigar! Fontes: express.co.uk

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project