ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Polémica com os 40 infetados de Trindade: Presidente do Conselho da Administração do Hospital Agostinho Neto e Diretor de Saúde não se entendem 12 Maio 2020

A polémica está instalada com o Presidente do Conselho da Administração do Hospital Agostinho Neto (HAN) a desafiar que o Diretor Nacional de Saúde (DNS) não tem competência técnica nem administrativa para abrir qualquer inquérito de auditoria ao Hospital Central da Praia. Em causa está o registo de 40 infetados por Covid - 19 no Hospital Psiquiátrico de Trindade, que é uma extensão do Hospital Agostinho Neto. Em conferência de imprensa na tarde hoje,11, Artur Correia reagiu, replicando que não vai desviar o seu foco principal no combate à pandemia de novo coronavírus em Cabo Verde e alimentar a polémica sobre o caso Trindade.

Polémica com os 40 infetados de Trindade: Presidente do Conselho da Administração do Hospital Agostinho Neto e Diretor de Saúde  não se entendem

No momento em que o vírus causador de Covid -19 propaga-se no concelho da Praia, os dois responsáveis centrais do sistema nacional de saúde não se entendem sobre o caso Trindade. Júlio Andrade foi o primeiro a dar o sinal neste sentido, ao fazer a afirmação referida, em conferência de imprensa, proferida esta segunda-feira, sobre a situação actual da infeção pelo novo coronavírus no Hospital Agostinho Neto. Isto depois de o Director Nacional de Saúde se demarcar dos casos da Trindade e anunciar que será aberto um inquérito para se apurar eventuais falhas. Em causa está o fato de 40 pessoas dessa extensão da psiquiatria do Hospital Agostinho Neto estarem infetados com COVID-19, sendo 24 doentes e 16 profissionais de saúde.

“Já ouvimos duas vezes o Director Nacional de Saúde a dizer que vai fazer um inquérito ao Hospital Agostinho Neto, estamos tranquilos a qualquer tipo de inquérito. Fizemos e continuaremos a fazer o máximo possível para dar a melhor assistência possível à população. Nós não dependemos da Direcção Geral de Saúde, portanto ele não tem nem competência técnica e nem administrativa para abrir qualquer auditoria ao hospital”, assegurou Júlio Andrade, para depois esclarecer. “Somos nomeados pelo Governo e pelo Conselho de Ministros e o nosso cargo na generalidade aqui está a disposição, do Governo e de quem quer que seja. Estamos a fazer o nosso máximo”, avisou.

Mostrando-se agastado com a alegada posição da Direcção Nacional de Saúde, o PCA do Hospital Agostinho Neto desafiou que não tem problema em pôr o cargo à disposição, se o Governo achar que há pessoas mais competentes do que ele para dirigir o Hospital Central da Praia.

«Os doentes estão bem, estão todos assintomáticos, sem um quadro clínico a justificar qualquer preocupação ainda neste momento. Criámos todas as condições, evidentemente que não estão num hotel 5 estrelas, mas criámos todas as condições para que os doentes e os trabalhadores que optaram por ficar na Trindade, tenham todas as condições mínimas necessárias para atravessarmos esta fase difícil”, informou Júlio de Andrade.

DNS demarca-se da polémica e vai tomar medidas

Questionado sobre as declarações referidas no habitual encontro de imprensa desta tarde, Artur Correia esclareceu que não disse o que afirmou Júlio Andrade, mas avisou que não vai alimentar polémica estéril, desviando do seu foco principal que está no combate à pandemia de Covid -19 em Cabo Verde. “Eu sei que não se pode perder o foco e eu não vou perder o meu foco com questões polémicas. Eu quero que todo o exército da saúde esteja unido e que todos focalizemos na prevenção e controlo desse problema que a qualquer momento pode descambar para situações muito mais complexas”, afirmou, lembrando que sempre abraçou todas as causas e que já foi responsável de vários programas de saúde pública, tendo enfrentado várias epidemias.

Referindo-se ainda ao caso dos 40 infetados do Hospital de Trindade, Artur Correia não esconde que esses dados preocupam não só a Direcção Nacional de Saúde como também a todos os responsáveis e a população em geral.

Diante de tudo isto, Artur Correia prometeu tomar medidas para melhorar o controlo e proteção nesse estabelecimento hospitalar da Capital e não só. «O mais importante, creio que a própria direcção do HAN também reconhece isso, não é só constatar, mas tomar medidas para pôr cobro a esta situação. Nós, da nossa parte, como entidade coordenadora de toda a actividade no país, vamos fazer tudo que seja possível para garantir as melhores condições de prevenção e controlo em todas as estruturas de saúde de Cabo Verde, incluindo os hospitais centrais”, disse, anunciado que se vai exigir o cumprimento do Plano de Contingência para que não se ponha em causa a saúde dos profissionais de saúde e utentes em geral.

No tocante à questão de competência para auditoria suscitada pelo Presidente do Conselho da Administração do Hospital Agosto Neto, Artur Correia esclareceu que, segundo a lei orgânica do Governo, é a Direção Nacional de Saúde quem superintende todas as estruturas de saúde no país, incluindo os hospitais. Mas afirmou que, em termos administrativos, é o ministro da Saúde e da Segurança Social que tutela os Hospitais Centrais.

Mais quatro casos suspeitos em Santiago

Entretanto, o DNS confirmou que, nas últimas 24 horas, foram registados mais 14 casos positivos de novo coronavírus no concelho da Praia, sendo quatro dos quais no Hospital de Trindade.

Segundo a mesma fonte, mais cinco casos suspeitos foram registados esta segunda-feira em Santiago: três na Praia, um em Santa Catarina e um São Lourenço dos Órgãos.

No total, estão em isolamento 198 pessoas, sendo 189 internadas na Praia, sete na Boa Vista e duas no Tarrafal.

Por outro lado, Artur Correia estimou que o número médio de pessoas em quarentena nas últimas duas semanas oscilou entre 400 e 500 pessoas. Conforme ele, tudo isto é o resultado do trabalho de investigação desenvolvido, na sequência de novos casos detetados, para controlar a epidemia do Covid -19 em Cabo Verde.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project