MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Polícia patrulha da capital dos EUA, pró-nazi e pró-ISIS 20 Dezembro 2017

O agente da polícia Nicholas Young patrulhava as ruas da área metropolitana de Washington, D.C., por dever de ofício e dedicava as horas vagas a aprender a ser djihadista enquanto envergava o uniforme dos SS, a polícia hitleriana. De uma forma tortuosa, ele encontrou um elo de ligação entre as suas simpatias nazistas e as doutrinas do Estado Islâmico. Esta semana, foi considerado culpado e arrisca uma pena de 60 anos de prisão.

Polícia patrulha da capital dos EUA, pró-nazi e pró-ISIS

Nicholas Young, de 38 anos, que patrulhava as ruas da área metropolitana da capital dos Estados Unidos, por dever de ofício, dedicava as horas vagas e as férias a aprender a ser djihadista. Nas férias seguia para a Síria onde, suspeita o FBI, terá estado em treinos com o Estado Islâmico.

Esta segunda-feira ele foi condenado por um tribunal de Fairfax, na área metropolitana da capital dos Estados Unidos, considerou-o culpado e pode vir a ser condenado a 60 anos de prisão “por ajuda ao terrorismo”.

O processo judicial contra ele começou com a sua detenção em março do ano passado, mas a investigação sobre ele tinha arrancado em 2010 quando os seus colegas se aperceberam das suas simpatias suspeitas por movimentos radicais.

Young tinha conhecimento de que estaria a ser vigiado. Quando falava com o seu “amigo Mo” – afinal, um informador que se aproximou dele instruído pelo FBI para o vigiar –, o agente policial extraía a bateria do telemóvel.

Na correspondência com os amigos islâmicos utilizava de todas as cautelas: telemóveis descartáveis, emails enviados de ciberespaços públicos. Ao enviar 435 dólares em cartões telefónicos para apoiar a causa do Estado Islâmico, tomou todas as cautelas para não ser detetado.

Fontes: CNN, WP. Foto de Nicholas Young ao lado do pai, ao ser graduado em 2003.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project