CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Porto Novo: Associação Tope de Coroa emprega 15 chefes de famílias afetadas pela seca que assola município 13 Fevereiro 2022

Quinze chefes de família em situação de vulnerabilidade no Planalto Norte, na ilha de Santo Antão, estãp, desde sexta-feira, 11, a trabalhar num projecto ligado à pecuária, numa iniciativa da associação comunitária Tope de Coroa.

Porto Novo: Associação Tope de Coroa emprega 15 chefes de famílias afetadas pela seca que assola município

Segundo a Inforpress, um representante desta associação, que tem estado a desenvolver acções no âmbito do projecto de preservação do parque natural de Tope de Coroa, informou que estas famílias vítimas da seca vão poder trabalhar e ter rendimentos durante os “próximos meses” graças a este projecto.

Trata-se de um projecto co-financiado no âmbito da cooperação americana e do Ministério da Agricultura e Ambiente que incide, entre outras actividades, na recolha de pasto para o gado caprino no Planalto Norte, explicou o dirigente da associação Tope de Coroa.

Associações comunitárias de várias localidades do interior do município têm estado a pedir a reabertura de frentes de trabalho no meio rural para atender a “centenas de famílias” afectadas pela seca que assola o município do Porto Novo há cinco anos seguidos.

Para mitigar os efeitos de mais um ano de seca, o município do Porto Novo foi contemplado, a partir de Janeiro, pelo Governo com uma verba de 23 mil contos para a criação de emprego no mundo rural, refere a fonte deste jornal.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project