AUTÁRQUICAS 2020

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Porto Novo: Candidatos apostam na diminuição da taxa do desemprego e da pobreza no concelho 15 Outubro 2020

Os três candidatos à Câmara do Porto Novo estão conscientes que os aspetos referidos constituem os principais desafios do concelho, que tem atualmente 17 mil habitantes, e que mais de metade se encontra em desemprego.

 Porto Novo: Candidatos apostam na diminuição da taxa do desemprego e da pobreza  no concelho

Durante as visitas efetuadas a várias zonas do Município do Porto Novo, Nilton Dias, candidato do PAICV, verificou que muitas pessoas ou famílias estão em situação de desemprego e de pobreza extrema.

Um problema, que segundo diz, veio agravar-se com a pandemia, por causa de pessoas que estavam em outras ilhas, nomeadamente Sal e Boavista, e que regressaram ao concelho.

É neste sentido que o candidato do partido tambarina vai apostar nos setores com maior potencialidade no município, isto como forma de gerar mais empregos e diminuir a taxa de pobreza no Porto Novo.

Nilton dias propõe alavancar os setores da pesca, agricultura e pecuária, turismo, cultura, tudo isso, juntamente, com o governo e com parceiros privados.

O candidato pretende criar um gabinete de empreendedorismo para dinamizar ideias de negócios e criar um fundo de desenvolvimento municipal. Esta quarta-feira, a população de Ribeira das Patas recebeu o candidato do PAICV. Ainda neste dia Nilton Dias teve um encontro com artistas locais do Porto Novo.

Domingues Rodrigues da UCID acredita, por seu turno, que não houve um plano económico para o desenvolvimento de Porto Novo e nem tão pouco um investimento necessário que conseguisse gerar rendimento às famílias.

“No terreno conseguimos verificar muitas casas degradadas e que mesmo com a reabilitação de algumas casas, feita pela camara municipal, muitos trabalhos não apresentam nenhuma qualidade,” situação que o candidato espera resolver caso vier a ganhar as eleições no dia 25 de outubro.

Para este concorrente da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID), é preciso ter um plano de desenvolvimento económico para poder melhorar a situação das famílias.

Rodrigues pretende atrair investimentos internos e externos, infraestruturas geradoras de rendimento, que, segundo ele, vai atrair centenas de postos de trabalho. A comitiva do partido fez contato porta-a-porta nas comunidades de Ribeira dos Bode, Ribeira Fria e Casa de Meio.

Conforme avançou a inforpress em julho deste ano, o Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável (PEDS) horizonte 2030, concluiu que a taxa de pobreza atinge 51 por cento (%) da população, e o desemprego afeta 25% dos jovens.

Entretanto, não foi possível chegar à fala com o candidato Aníbal Fonseca, candidato do MpD à Câmara Municipal. Isto apesar das várias tentativas neste sentido através dos contatos fornecidos a este jornal pelas coordenações nacionais do partido - MpD.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project