SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Porto Novo: Criadores qualificam de “desastre” os ataques dos cães vadios ao gado caprino 21 Janeiro 2022

Os criadores de gado na zona baixa do município do Porto Novo, em Santo Antão, qualificaram hoje de “desastre” os sistemáticos ataques dos cães vadios ao gado caprino, tendo contabilizado nos últimos dias “dezenas” de animais mortos.

Porto Novo: Criadores qualificam de “desastre” os ataques dos cães vadios ao gado caprino

Segundo escreve Inforpress, Romeu Rodrigues, representante da Associação dos Criadores de Gado nesta parte do concelho do Porto Novo, onde se concentra “parte significativa” do efectivo pecuário desde município, disse ter contabilizado, ultimamente, a morte de mais de 30 cabras e carneiros.

“Estamos perante um desastre. Os criadores, sem poder fazer nada, estão a ficar sem os seus animais atacados pelos cães abandonados”, disse à Inforpress este representante da associação dos criadores de gado, que lembrou que, desde Dezembro, são “dezenas” de animais mortos.

Conforme a mesma fonte, para este criador, a castração, como pretendem fazer crer as associações de defesa dos animais e as autoridades locais, não resolve o problema de cães vadios no município do Porto Novo, e por isso defende criação de um canil para albergar esses cães que deambulam pelo município.

Um outro problema que continua a afligir os criadores de gado neste concelho tem a ver com a falta de ração, um problema que já dura “meses”, para aflição da classe, alertou este responsável.

Porto Novo tem um efectivo pecuário que ultrapassa os 25 mil cabeças de gado, distribuídas por 500 criadores.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project