CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Porto Novo: Peixeiras exigem da edilidade espaço apropriado para exercer sua actividade 11 Janeiro 2019

Um grupo de peixeiras da cidade do Porto Novo, Santo Antão, pediu, quarta-feira, à edilidade a criação de um espaço apropriado à entrada desta urbe que lhes permita exercer, da melhor forma, a sua actividade.

Porto Novo: Peixeiras exigem da edilidade espaço apropriado para exercer sua actividade

As peixeiras, que se concentraram, esta quarta-feira, frente ao edifício dos Paços do Concelho, desenvolvem, há algum tempo, a sua actividade na zona de Abufadouro, à entrada da cidade, mas, na sequência de reclamações de moradores, a polícia teve que as obrigar a sair do local.

Essa decisão policial gerou algum protesto das peixeiras, todas chefes de família, que desejam agora que a edilidade crie condições para continuarem a exercer a sua actividade profissional e poderem, assim, sustentar os seus filhos.

Falando à Inforpress, algumas das peixeiras pediram à Câmara do Porto Novo a criação de um espaço adequado mesmo em Abufadouro, onde possam tratar e vender o pescado, sem criar constrangimentos aos moradores.

O edil do Porto Novo prometeu receber uma representação das peixeiras para abordar essa situação e encontrar uma alternativa para essas vendedeiras do pescado.

A cidade do Porto Novo, com mais de 50 peixeiras, dispõe de uma peixaria, situada no centro comercial, que consegue apenas albergar parte deste pessoal.

Saliente-se que os operadores de pesca artesanal locais têm vindo, nos últimos anos, a reclamar a construção de um mercado de peixe na cidade do Porto Novo, refere a mesma fonte.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project