CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Porto Novo/Santo Antão: Traça do tomateiro deixa agricultores preocupados com chegada da época mais quente 18 Junho 2020

A traça do tomateiro, praga conhecida no seio dos agricultores por “tuta absoluta”, está a deixar preocupados os lavradores no concelho do Porto Novo, em Santo Antão, com a chegada da época mais quente.

Porto Novo/Santo Antão: Traça do tomateiro deixa agricultores preocupados com chegada da época mais quente

Segundo a Inforpress, os representante dos agricultores, Jailson Monteiro, explicou que essa praga (uma borboleta), detectada há uma década no Porto Novo, ataca culturas de tomate, sobretudo, em período mais quente, o que está a deixar apreensivas as famílias que se dedicam a esta cultura.

Para Jailson Monteiro, a traça do tomateiro, cuja presença é mais notada nos vales da Ribeira dos Bodes e Ribeira Fria, tem provocado estragos de “milhares de contos” aos agricultores, que têm tentado combater essa praga, mas sem sucesso.

A borboleta “tuta absoluta”, que existe ainda em Casa de Meio e em Galinheira, na periferia da cidade do Porto Novo, deixam aflitos os lavradores, já que, além de tomate, tem estado, também, a atacar a cultura do repolho.

Os produtores agrícolas têm recorrido a iscos no combate a essa praga, que tem sido, também, “uma preocupação constante”, dos serviços do Ministério da Agricultura e Ambiente no Porto Novo, que admitem que os meios utilizados, até agora, têm-se mostrado “pouco eficientes”.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project