LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Portugal-Angola: Ana Gomes diz que Isabel dos Santos "lava que se farta" e BP fecha os olhos 16 Outubro 2019

Ana Gomes, a personalidade do Partido Socialista que Cabo Verde conhece por ter levado o caso "terreno da Prainha" ao parlamento europeu, está mais uma vez a causar polémica, ao denunciar as falhas dos bancos na prevenção do branqueamento de capitais. Em termos expressivos, ela escreveu, na rede social Twitter na segunda-feira, 14, que Isabel dos Santos se endivida "muito porque ao liquidar as dívidas lava que se farta" enquanto que o Banco de Portugal fecha os olhos.

Portugal-Angola: Ana Gomes diz que Isabel dos Santos

O comentário da socialista surgiu a propósito da entrevista em que a empresária angolana Isabel dos Santos diz que há suspeitas sobre a origem do seu dinheiro, porque há desconhecimento dos factos, entre os quais o de que ela tem de se endividar para poder investir. "Tenho muitas dívidas, tenho muito financiamento por pagar, as taxas de juros são elevadas", afirmou a filha do es-presidente de Angola " (ver Angola vive em "instabilidade, não é de confiança para os investidores", diz Isabel dos Santos —neste online).

Ana Gomes, agora ex-deputada europeia, é a mesma que denunciou suspeitas de corrupção no caso da compra de um terreno à Câmara da Praia pelo então Embaixador da União Europeia, José Pinto Teixeira.

Em Cabo Verde está bem fresca na memória a intervenção da eurodeputada, que levou ao Parlamento Europeu a denúncia relativa às suspeitas sobre o terreno contíguo à embaixada de Portugal, na Prainha. Fontes: Twitter/arquivos.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project