LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Portugal: Encontrado corpo de jovem desaparecido após derrocada de prédio 21 Dezembro 2020

As equipas de emergência encontraram, na madrugada desta segunda-feira, o corpo do jovem que estava desaparecido nos escombros do prédio que desabou, em Lisboa, depois de uma violenta explosão.

Portugal: Encontrado corpo de jovem desaparecido após derrocada de prédio

O jornal Notícias ao Minuto adiantou, que uma das fontes dos Bombeiros Sapadores de Lisboa indicou que o corpo foi encontrado às 2h45 da madrugada.

De acordo com informação divulgada pelo município no domingo, havia a indicação de que o jovem desaparecido tinha 24 anos. Vários meios de comunicação indicam que a vítima mortal é Gastão Reis, baixista da banda Zarco.

Recorde-se que as equipas da corporação estavam no teatro de operações, no n.º 41 da Rua de Santa Marta, freguesia de Santo António, desde a manhã de domingo, altura em que o prédio explodiu e desabou.

Na sequência do incêndio e do colapso, há registo de nove moradores desalojados, dos quais cinco estiveram envolvidos na ocorrência, quatro sofreram ferimentos ligeiros e um ficou em estado grave. O ferido grave, pai do jovem encontrado sem vida esta madrugada, está internado no hospital de São José, em Lisboa. Sabe o Notícias ao Minuto que a vítima apresentava queimaduras em cerca de 95% do corpo.

A ocorrência levou à retirada inicial de 47 pessoas dos edifícios contíguos, sendo que, após duas vistorias feitas durante a tarde de ontem, 34 regressaram a casa, inclusive as que estavam hospedadas num ’hostel’. As restantes 13 pessoas encontraram, pelos próprios meios, local para pernoitar.

Num balanço feito aos jornalistas ao início da noite de domingo, o vereador da Proteção Civil da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Castro, indicou que está prevista uma nova avaliação dos prédios contíguos para esta segunda-feira.

Em relação ao que provocou a derrocada do prédio, Carlos Castro apontou que "houve uma explosão decorrente de gás, mas não é 100% seguro", relançando que, neste momento, o que interessa é salvaguardar as pessoas.

A parte da frente do edifício ruiu e várias projeções atingiram o Hospital de Santa Marta. A explosão atingiu também viaturas estacionadas naquela rua do centro de Lisboa, que se encontra cortada ao trânsito.

É de salienta que esta segunda-feira, vai ser criado um corredor de segurança para que as pessoas a pé possam entrar no Hospital de Santa Marta, a partir da rua de Santa Marta, enquanto as ambulâncias entram por outra rua.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project