EXPOSIÇÕES

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Portugal: Estudante cabo-verdiano em Évora inaugura exposição fotográfica na sua universidade 16 Dezembro 2022

O estudante cabo-verdiano de Arquitectura na Escola de Artes da Universidade de Évora, Portugal, Cardoso Sanches, inaugura, esta quinta-feira, na sua instituição de ensino, a exposição fotográfica “Umas fotos” demonstrando um percurso possível de barreiras e limites.

Portugal: Estudante cabo-verdiano em Évora inaugura exposição fotográfica na sua universidade

À Inforpress, o estudante do terceiro ano, natural da Cidade da Praia, explicou que a ideia da exposição surgiu na sequência de uma oportunidade quando o presidente do Projecto Cabo Verde na UE, Vlademir Silva, conseguiu que participasse na exposição da artista Jacira da Conceição, em comemoração do Dia da África, que teve lugar no mesmo espaço, em que posteriormente a Rute Marchante Pardal propôs a exposição “Umas fotos”.

De acordo com o fotógrafo, no início a ideia era expor fotografias de Cabo Verde, mas perante um contratempo, foi obrigado a uma mudança de planos que lhe fez revisitar o seu percurso, descobrir fotografias escondidas nas suas bibliotecas que nunca tinha partilhado antes, sendo que muitas delas não possuem uma ideia premeditada, porque nasceram de “uma vontade e de um encanto pela vida”.

Conforme esclareceu, são fotos aleatórias, mas “cheias de forma, de vida, fotos vibrantes, fotos que marcam momentos significantes” da sua vida e talvez de outros, por isso o título da exposição “Umas fotos”, já que são fotografias avulsas, “mas cheias de amor e significado”.

“De certa forma posso dizer que “Umas fotos” procura demonstrar um percurso repleto do não desistir, do superar barreiras e limites e que o amor nos permite brilhar, crescer e viver. Viver de forma destemida, viver reconhecendo nossos medos para alcançar a coragem, trilhar novos caminhos, viver novas realidades e perceber, acima de tudo, que somos abundantes”, frisou.

Segundo Cardoso Sanches, a exposição vai ser uma colecção eclética, com 30 fotos de paisagens, detalhes, retratos, fotos de rua e fotografia artística, em uma escala de maior destaque, em conjunto, com algumas em menor escala (em maior quantidade), que serão expostas de forma a apresentar o processo que levou a captação das fotos centrais.

Quanto aos projectos futuros, Cardoso Sanches contou que tem alguns como um trabalho que está a desenvolver com a artista e amiga Suely Vicente, para 2023, em que querem, a partir da fotografia, da pintura e outras formas de arte, retratar uma visão do amor que se baseia em três ideias provenientes das suas experiências e do que pensam.

A exposição estará patente no corredor de acesso à Sala das Bellas Artes dos Serviços de Biblioteca e Informação Documental (SBID) da Universidade de Évora e vai estar aberta ao público a partir das 15:30 (14:30 em Cabo Verde).

A exposição, a primeira individual do artista que a quer levar para Cabo Verde e a outros países, vai ficar aberta ao público até 25 de Janeiro de 2023.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project